terça-feira, 3 de janeiro de 2023

Novo calendário do PIS/PASEP 2023; quem poderá receber?


 

Em breve, os brasileiros que possuem direito ao PIS/Pasep passarão a receber valores relativos a outro calendário. Confira! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br


A partir deste ano, um novo pagamento referente ao abono salarial será liberado. Veja como ter acesso aos valores e não perca tempo!

Se você é trabalhador, saiba que vem notícia boa por aí: em breve será possível ter acesso aos valores disponíveis no PIS/Pasep 2023. Neste ano, o benefício conta com um repasse atualizado, devido ao reajuste do piso salarial, então é bom que aqueles que têm direito fiquem de olho para não perderem o prazo!

Quer saber qual o valor do abono salarial neste ano e quem pode ter acesso a ele? Então continue acompanhando a matéria abaixo para não perder nenhuma informação importante sobre o tema.

 PIS/Pasep será pago em 2023
Neste ano, os trabalhadores terão acesso a mais uma parcela do abono salarial do PIS/Pasep. Dessa vez, o dinheiro é correspondente ao ano-base 2021, visto que em 2020 os cidadãos tiveram acesso ao ano-base 2020. Normalmente, os valores são referentes ao ano anterior de serviço, mas o calendário do benefício segue atrasado devido às complicações da época mais expressiva da COVID-19.

Vale ressaltar que para receber o abono salarial os trabalhadores devem se encaixar em algumas exigências, que são as seguintes:

Ter os dados enviados corretamente à Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) por parte do empregador;
Estar inscrito para receber o PIS/Pasep por um período mínimo de cinco anos;
Ter atuado em serviço remunerado por trinta dias ou mais, podendo ser ou não consecutivos;
Ter recebido no máximo dois salários mínimos em 2021.
Vale lembrar que o benefício estará disponível somente até o dia 28 de dezembro de 2023.

Valores referentes ao ano-base 2021
Por fim, conforme o reajuste do salário mínimo de janeiro, que passou de R$ 1.212 para R$ 1.320, os pagamentos do abono salarial também passaram por atualização. Sendo assim, aqueles que trabalharam o ano todo devem receber o valor máximo referente ao piso, enquanto os outros devem ter acesso equivalente ao período de atuação. Confira:

1 mês de serviço: acesso à parcela no valor de R$ 110;
2 meses de serviço: acesso à parcela no valor de R$ 220;
3 meses de serviço: acesso à parcela no valor de R$ 330;
4 meses de serviço: acesso à parcela no valor de R$ 440;
5 meses de serviço: acesso à parcela no valor de R$ 550;
6 meses de serviço: acesso à parcela no valor de R$ 660;
7 meses de serviço: acesso à parcela no valor de R$ 770;
8 meses de serviço: acesso à parcela no valor de R$ 880;
9 meses de serviço: acesso à parcela no valor de R$ 990;
10 meses de serviço: acesso à parcela no valor de R$ 1.100;
11 meses de serviço: acesso à parcela no valor de R$ 1.210;
12 meses de serviço: acesso à parcela no valor de R$ 1.320.
Consulta para trabalhadores que recebem o PIS
Aqueles que trabalham em empresas privadas e recebem o PIS através da Caixa Econômica Federal podem acessar os valores nos canais abaixo:

Caixa Tem (Android: https://bityli.com/SVbrUS ou iOS: https://bityli.com/FwISrT);
Caixa Trabalhador (Android: https://bityli.com/fMDnOw ou iOS: https://bityli.com/whMxFm);
Site da Caixa Econômica (https://bityli.com/OVYCY3).
Consulta para servidores que recebem o Pasep
Por sua vez, servidores públicos que recebem o Pasep através do Banco do Brasil podem acessar os seguintes canais:

Site do Banco do Brasil (https://www.bb.com.br/site/);
Telefones de atendimento do BB: 4004 0001 ou 0800 729 0001.

Nenhum comentário:

Postar um comentário