sexta-feira, 6 de janeiro de 2023

IFPA prorroga inscrições para 6,8 mil vagas em cursos técnicos e de graduação Cursos Técnicos Integrados, Cursos Técnicos Subsequente e Cursos Superiores de Graduação.


 


Foto: Reprodução
Interessados podem se inscrever no Prosel até o próximo domingo (8) exclusivamente on-line.



O Instituto Federal do Pará (IFPA) prorrogou até o próximo domingo (8) as inscrições para Processo Seletivo Unificado (PSU) de 2023. No total, são 6,8 mil vagas e as inscrições gratuitas são pela internet.

São 2.850 vagas para Cursos Técnicos Integrados, 1.970 vagas para Cursos Técnicos Subsequente e 2.015 para Cursos Superiores de Graduação.

As vagas são para os campi Abaetetuba, Altamira, Ananindeua, Belém, Bragança, Breves, Cametá, Castanhal, Conceição do Araguaia, Itaituba, Marabá, Óbidos, Paragominas, Parauapebas, Santarém e Tucuruí.

São três editais diferentes. Confira cada um deles a seguir:

PSU Técnico Integrado
PSU Técnico Subsequente
PSU Graduação
As inscrições começaram em dezembro e eram até a última terça-feira (3), mas agora podem ser feitas até domingo.

Como se inscrever
Só será admitida uma inscrição por CPF e, caso o candidato realize mais de uma inscrição, somente a última será considerada como válida. Após a finalização da inscrição, o candidato não poderá alterar suas informações.

Os Cursos Técnicos Integrados são cursos regulares com duração de até quatro anos, realizados simultaneamente ao Ensino Médio e voltados para alunos concluintes do Ensino Fundamental.

A seleção será pelo desempenho escolar, tendo como base as notas e conceitos obtidas no 7° e 8° ano do Ensino Fundamental, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

Os cursos técnicos subsequentes são cursos regulares com duração de até dois anos, destinados a alunos que concluíram do Ensino Médio . A seleção também será por desempenho escolar, tendo como base as notas e conceitos obtidas no 1° e 2° ano do Ensino Médio, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

Já para a Graduação, a seleção consistirá na classificação dos candidatos pelo seu desempenho no ENEM, utilizando-se as notas obtidas nas áreas de conhecimento avaliadas e na redação numa mesma edição do exame nacional, que pode ser de 2020, 2021 ou 2022 .

O processo seletivo será composto por cinco fases, são elas: inscrição, homologação das inscrições, seleção e classificação dos candidatos, Heteroidentificação e habilitação de matrícula.

Do total de vagas ofertadas por curso e turno, no mínimo 50% são reservadas a candidatos egressos de escola pública, e constituem o sistema de cotas, os outros 50% são denominadas de modalidade de Ampla Concorrência (AC) ou concorrência geral. Das vagas ofertadas como AC, 50% serão destinadas para as políticas de ações afirmativas próprias do IFPA.


g1

Nenhum comentário:

Postar um comentário