terça-feira, 20 de dezembro de 2022

Saiba quais são os cursos em saúde com inscrições abertas até 30 de dezembro


 
Foto: Reprodução
As festas de fim de ano estão chegando e muitos cursos tendem a encerrar atividades, mas o Ministério da Saúde vai continuar com inscrições abertas para ofertas educacionais em dezembro. Até hoje, terça-feira (20/12), é possível realizar matrícula em duas oportunidades: Cuidado Paliativo em Atenção Domiciliar e Doença de Chagas na Atenção Primária à Saúde. Até o dia 30, interessados podem garantir vaga em dois cursos sobre redução da mortalidade materna. As quatro capacitações juntas, somam 74 mil vagas.

Cuidado Paliativo em Atenção Domiciliar. Aqui
A capacitação é dirigida aos profissionais de saúde com formação em nível superior e que possuam registro no Cadastro Nacional de Saúde. Com 180 horas-aula, o curso viabiliza metas e propósitos do Programa Multicêntrico em Qualificação Profissional em Atenção Domiciliar (PMQAD).

Os alunos terão acesso aos fundamentos e princípios do cuidado paliativo à pessoa em atenção domiciliar, de criança a adulto. O conteúdo está distribuído em quatro módulos, estruturados a partir dos seguintes eixos: bases do cuidado paliativo, situações de elegibilidade para cuidado paliativo, avaliação da pessoa em cuidado paliativo e a especificidade do cuidado paliativo em atenção domiciliar.

Doença de Chagas na Atenção Primária à Saúde. Aqui
A oferta educacional contribui com a atualização dos profissionais que se dedicam a cuidar dos portadores da doença de Chagas. A enfermidade afeta entre 6 e 8 milhões de pessoas nas Américas e é causa de sofrimento e morte de milhares de pessoas nos países mais pobres e entre as populações mais vulneráveis.

O curso, com 60 horas-aula, é oferecido no formato a distância e visa capacitar profissionais para atuarem direta ou indiretamente no diagnóstico, na extensão da doença no paciente, tratamento, vigilância, prevenção e controle da doença de Chagas.

Redução da Mortalidade Materna I e Redução da Mortalidade Materna II. Aqui
Cada uma das capacitações soma 90 horas-aula, na modalidade de ensino a distância. Os participantes têm acesso a conteúdos como hipertensão, eclâmpsia e hemorragia. As habilitações também abordam a função renal na gestação, parto, puerpério e diabetes gestacional.

O curso 2 é ofertado independente do curso 1. O material de divulgação das capacitações destaca que a proposta pedagógica da formação modular é uma tendência mundial “que responde a um contexto de intenso movimento e agilidade, no qual os profissionais acessam cursos a distância para encontrar o conhecimento que auxilie na solução de situações problemas do cenário da prática”.

Esse tipo de capacitação possui características mais ágeis, objetivas, com menor carga horária e favorecem a permanência e a conclusão dos alunos, diminuindo assim a evasão e melhorando os índices de avaliação do projeto.  

Com informações do site: aquiacontece

Nenhum comentário:

Postar um comentário