sábado, 24 de dezembro de 2022

PIS/PASEP 2023: trabalhador vai receber valores entre R$ 109 a R$ 1.302


 
Foto: Reprodução
Já foi definido o calendário do PIS/Pasep 2023 referente ao ano-base 2021. Os trabalhadores começarão a receber a partir do dia 15 de fevereiro de 2023. O abono irá beneficiar 23 milhões de empregados com carteira assinada. Os valores a receber poderão variar entre R$ 109 a R$ 1.302 (Lembrando que o valor do piso nacional foi definido pelo governo por meio de medida provisória para 2023).

No dia 15 de dezembro, durante uma reunião extraordinária, o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), confirmou o calendário do abono salarial PIS/Pasep 2023 referente ao ano-base 2021, com pagamento tendo início no dia 15 de fevereiro e indo até 17 de julho.

Desta forma, quem trabalhou 12 meses seguidos em 2021 receberá o valor de um salário mínimo, que no ano que vem será de R$ 1.302. Caso, você só tenha trabalhado seis meses com carteira assinada, receberá o valor de R$ 651 (metade do salário mínimo em 2023). Isso porque o abono é pago de acordo com a quantidade de meses trabalhados no ano-base.

Como calcular
O cálculo multiplica 1/12 do salário mínimo válido na data do pagamento pelo número de meses trabalhados no ano correspondente. A Lei 7.998, de 1990, determina o arredondamento do valor de centavos para cima.

Quem tem direito ao abono PIS/Pasep? 
Todo brasileiro que trabalhou por pelo menos 30 dias com carteira assinada no ano-base de 2021, receberá um proporcional equivalente ao salário mínimo. 

Quem trabalhou 12 meses seguidos receberá um salário mínimo (R$ 1.302 em 2023). Confira a tabela de valores e meses trabalhados para 2023:

1 mês trabalhado – R$ 109,00;
2 meses trabalhados – R$ 217,00;
3 meses trabalhados – R$ 326,00;
4 meses trabalhados – R$ 434,00;
5 meses trabalhados – R$ 543,00;
6 meses trabalhados – R$ 651,00;
7 meses trabalhados – R$ 760,00;
8 meses trabalhados – R$ 868,00;
9 meses trabalhados – R$ 977,00;
10 meses trabalhados – R$ 1.085,00;
11 meses trabalhados – R$ 1.194,00;
12 meses trabalhados – R$ 1.302,00.
Lembrando que para receber o abono é preciso estar cumprindo os seguintes requisitos:

Estar inscrito no PIS/Pasep há 5 anos ou mais;
Ter recebido uma remuneração média mensal de no máximo dois salários-mínimos em 2021;
Ter trabalhado com carteira assinada pelo menos 30 dias em 2021;
Ter os dados do ano-base (2021) devidamente classificados e inseridos na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais). Esses processos devem ser providenciados pelo empregador.
Calendário de pagamento do abono salarial PIS/PASEP 2023
O trabalhador da iniciativa privada recebe o abono salarial PIS na Caixa Econômica Federal. O benefício é pago de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Confira o calendário:

Nascidos em Começam a receber Dinheiro poderá ser sacado até
Janeiro 15 de fevereiro 28 de dezembro
Fevereiro 15 de fevereiro 28 de dezembro
Março 15 de março 28 de dezembro
Abril 15 de março 28 de dezembro
Maio 17 de abril 28 de dezembro
Junho 17 de abril 28 de dezembro
Julho 15 de maio 28 de dezembro
Agosto 15 de maio 28 de dezembro
Setembro 15 de junho 28 de dezembro
Outubro 15 de junho 28 de dezembro
Novembro 17 de julho 28 de dezembro
Dezembro 17 de julho 28 de dezembro
Pasep em 2023

O Pasep é destinado aos servidores públicos e é pago pelo Banco do Brasil de acordo com o número final da inscrição. Confira o calendário:

Final da inscrição Começam a receber Dinheiro poderá ser sacado até
0 15 de fevereiro 28 de dezembro
1 15 de março 28 de dezembro
2 17 de abril 28 de dezembro
3 17 de abril 28 de dezembro
4 15 de maio 28 de dezembro
5 15 de maio 28 de dezembro
6 15 de junho 28 de dezembro
7 15 de junho 28 de dezembro
8 17 de julho 28 de dezembro
9 17 de julho 28 de dezembro

Com informações do site: jornalcontabil

Nenhum comentário:

Postar um comentário