quarta-feira, 21 de dezembro de 2022

Marque essa data: novas mudanças no PIX chegam em 2 de janeiro!


 
Foto: Reprodução
O Banco Central lançou em novembro de 2020 um novo sistema de pagamento instantâneo, o famoso PIX. Com ele, é possível realizar uma transferência instantânea de quantias em até 10 segundos. Desde então, o PIX caiu na preferência dos brasileiros, sendo atualmente um dos meios de pagamento mais utilizados no Brasil.

Devido o sucesso da nova modalidade, o Banco Central passou a destinar mais investimentos para o sistema, aperfeiçoando as transferências e melhorando a experiência dos consumidores. Como parte dessas medidas, estão as novas mudanças que irão entrar em vigor a partir do dia 2 de janeiro de 2023. Veja quais são!

Quais serão as novas regras do Pix?
As novas regras do PIX passarão a valer a partir do dia 02 de janeiro de 2023. Enquanto isso, as diretrizes permanecem sendo as mesmas estabelecidas anteriormente.


Horário Noturno
Devido as constantes ocorrências de sequestros que estavam ocorrendo em São Paulo, nos quais os criminosos solicitavam resgate via PIX, o Banco Central criou a regra de horário noturno. Com isso, os brasileiros só podem transferir até R$ 1 mil das 20h às 06h da manhã. Contudo, devido as novas mudanças, essa regra será eletiva. Ou seja, os clientes que irão definir qual o limite da transferência permitida nessa faixa de horário.

PIX Saque e PIX Troco
As ferramentas PIX Saque e PIX Troco agora possuem um novo limite. Nos limites atuais, os valores permitidos durante o dia (das 6h às 20h) é de R$500, enquanto o limite noturno (entre as 20h às 6h) é de R$ 100. Assim, com as novas regras, os limites serão elevados para R$ 3 mil durante o dia e para R$ 1 mil durante a noite.

Novos Limites
Outra nova mudança do PIX é voltada aos limites das operações. Em resumo, nenhuma instituição financeira é obrigada a definir um limite de valor para as transações. Em contrapartida, a instituição precisa limitar o tempo da operação, de modo a garantir a segurança dos usuários.

Dessa forma, não haverá mais limite acerca dos valores de quanto os usuários poderão transferir em uma operação. No entanto, será preciso informar ao banco o limite por período de tempo, da mesma forma como a personalização do horário noturno. Assim, o Banco Central irá permitir que usuário solicite que o limite se inicie às 22h ao invés de 20h.

Com informações do site: editalconcursosbrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário