quarta-feira, 7 de dezembro de 2022

Concurso PC AL terá novo edital; provas adiadas! Confira todas as mudanças!


 
Foto: Reprodução
O concurso PC AL ( Polícia Civil Alagoas) terão provas remarcadas mais uma vez. A primeira alteração aconteceu em agosto, em que as provas para delegado foram passadas para o dia 11 de dezembro.

Porém, de acordo anúncio na sexta-feira, 02 de dezembro, mais alterações devam acontecer no documento. As informações foram da secretária de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas (Seplag AL), Renata Santos.

Novas vagas concurso PC AL
Com a mudança, o edital passa a oferecer 100 vagas divididas entre 50 imediatas e 50 para formação de cadastro reserva. Devido alterações no quantitativo e nova data das provas, o certame vai ter novo edital.

Sobre os acontecimentos, a secretária da Seplag de Alagoas disse: “Após muita discussão da equipe de transição, foi verificado que a quantidade de vagas ofertadas no certame traria um risco para a Polícia Civil pela quantidade de delegados que estão para se aposentar pela continuidade do trabalho. Depois de muita conversa, levamos para o governador a possibilidade de aumentar a quantidade de vagas”.

Além disso, Renata falou sobre dar mais uma chance para que demais interessados possam se inscrever: “É uma notícia de última hora. Alguns concurseiros vão ficar chateados, alguns com voos e hotéis reservados, mas foi feita essa análise. Vão ter mais tempo de estudar e mais chances”.

A banca organizadora do concurso PC AL, Cebraspe, ainda não se manifestou sobre o caso. Contudo, é importante destacar que o edital de convocação para realização das provas seria divulgado no dia 1º de dezembro, fato que não aconteceu.

Quando o edital foi divulgado

O edital para delegado foi aberto em maio. Ao todo foram oferecidas 80 vagas, exigindo dos candidatos o nível superior em Direito. Os aprovados terão ganhos iniciais de R$20.665,50, para uma jornada de 40 horas.

Vale lembrar que além da fase objetiva e discursiva, os candidatos do concurso PC AL serão submetidos às demais etapas. São elas: Teste de Aptidão Física (TAF), exames laboratoriais e médicos, avaliações psicológica e de títulos, investigação social e curso de formação policial.

Sobre a etapa objetiva, as provas terão 120 questões. Estas serão divididas de acordo com os seguintes conteúdos:

Conhecimentos Gerais (30 perguntas)

Língua Portuguesa; e
Informática.
Conhecimentos Específicos (90)

Direito Penal;
Direito Processual Penal;
Direito Constitucional;
Direito Administrativo;
Direito Civil;
Legislação Complementar;
Medicina Legal;
Na fase discursiva serão abordados temas como: Direito Penal, Processual Penal e Constitucional. O certame será válido por dois anos, podendo ser prorrogadas pelo mesmo período em que poderão ser realizadas as nomeações.

Com informações do site: noticiasconcursos

Nenhum comentário:

Postar um comentário