segunda-feira, 19 de dezembro de 2022

Aumento para os aposentados do INSS em 2023: veja tabela de valor


 
Foto: Reprodução
A maior ou menor duração da inflação é um dos grandes debates econômicos que hoje se travam entre analistas, bancos centrais e outras instituições nacionais e internacionais. A consequência final de uma alta de preços é um consumidor que paga mais caro por produtos, mas suas implicações vão muito além: prejudica toda uma população, inclusive, aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social).

O Dinheiro dos Segurados do INSS mal dá pra comprar comida e ainda precisam cuidar da saúde. Uma grande parte dos 36 milhões de beneficiários são responsáveis por pagar todas as despesas da casa cuidando de filhos e netos.

Em janeiro de 2023, o presidente eleito Lula (PT) vai assumir a presidência pela terceira vez, e terá a missão de decretar o novo aumento de todas as aposentadorias e pensões pagas pelo INSS (Instituto Nacional de Seguro Social).

O novo valor do salário dos segurados do INSS deve ser corrigido pela inflação e as informações não são animadoras. Pois o aumento deve ficar abaixo do esperado. Elaboramos uma tabela de valores para que você possa ter noção do valor do aumento. Veja ao final da reportagem.
Novo valor de aumento
O INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) é usado para o ajuste de salários e benefícios todos os anos. Já saiu a estimativa do valor do aumento para 2023. Se o valor previsto pelo governo se confirmar, e não houver mudança no cálculo, o reajuste para o salário dos aposentados, pensionistas e BPC deve ser entre 6% e 7%, mas o valor correto ainda depende da variação final da inflação em 2022. Atualmente, o valor é de R$ 1.212.

O percentual definitivo só será divulgado em 10 de janeiro 2023, quando o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgar a inflação de 2022.

 Qual o aumento do INSS para quem ganham um salário mínimo?
O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começará a realizar os pagamentos dos benefícios com o novo reajuste para aposentados e pensionistas a partir do dia 25 de janeiro de 2023. Tanto quem recebe até um salário mínimo quanto quem recebe mais do que o piso nacional terão novos valores, mas com altas diferentes.

Quem recebe até um salário mínimo tem o valor do benefício seguindo o reajuste do presidente da republica. Para 2023, o salário mínimo deve subir 6%, indo de R$ 1.212 para R$ 1.302. O pagamento deve começar a partir do dia 25 de janeiro, com a ordem de acordo com o número final do cartão do benefício, que aparece antes do traço.

 Qual o aumento do INSS para quem ganham acima de um salário mínimo?
Já para aqueles cujo benefício é superior ao salário mínimo, o aumento deve ser entre 6% e 7%. Com a alta, o teto dos benefícios do INSS, que também segue o INPC, deve ser de R$ 7.612,38 em 2023. Os novos valores ainda serão confirmados pelo governo federal por meio de publicação no Diário Oficial da União.

O pagamento para aposentadose pensionistas com mais de um salário mínimo começa a partir de 1º de fevereiro, e a ordem também segue o número final do cartão do benefício, sem considerar o dígito.

Para aqueles que passaram a receber a aposentadoria ou pensão a partir de fevereiro de 2023, o valor de reajuste será diferente. Nesses casos, aumento varia conforme o primeiro mês de concessão do benefício, e os valores serão divulgados pelo governo.

 Veja para quanto pode ir a aposentadoria em 2023
Valor do benefício em 2022 (em R$) Para quanto pode ir em 2023 (em R$)
1.212 1.302
1.300 1.396
1.400 1.504
1.500 1.611
1.600 1.719
1.700 1.826
1.800 1.933
1.900 2.041
2.000 2.148
2.100 2.256
2.200 2.363
2.300 2.470
2.400 2.578
2.500 2.685
2.600 2.793
2.700 2.900
2.800 3.007
2.900 3.115
3.000 3.222
3.100 3.330
3.200 3.437
3.300 3.545
3.400 3.652
3.500 3.759
3.600 3.867
3.700 3.974
3.800 4.082
3.900 4.189
4.000 4.296
4.100 4.404
4.200 4.511
4.300 4.619
4.400 4.726
4.500 4.833
4.600 4.941
4.700 5.048
4.800 5.156
4.900 5.263
5.000 5.371
5.100 5.478
5.200 5.585
5.300 5.693
5.400 5.800
5.500 5.908
5.600 6.015
5.700 6.122
5.800 6.230
5.900 6.337
6.000 6.445
6.100 6.552
6.200 6.659
6.300 6.767
6.400 6.874
6.500 6.982
6.600 7.089
6.700 7.196
6.800 7.304
6.900 7.411
7.000 7.519
7.087,22 7.612,38
Vale lembrar que o reajuste oficial, porém, só será conhecido em janeiro de 2023, quando o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgar a inflação final deste ano. Os benefícios da Previdência Social são corrigidos com base no INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

Com informações do site: jdv

Nenhum comentário:

Postar um comentário