terça-feira, 22 de novembro de 2022

Pagamento do auxílio Brasil será apenas para famílias com crianças? Confira!


 
Foto: Reprodução
Nos últimos dias, informações falsas começaram a circular nas redes sociais sugerindo que o ex-presidente Lula (PT) teria prometido reduzir o acesso à ajuda brasileira se tivesse sido eleito este ano. As notícias falsas dizem que o Trabalho prometeu arcar com o benefício apenas para pessoas com crianças menores de seis anos.

Segundo o post falso que circula na internet, o ex-presidente teria criticado o alto custo da ajuda brasileira. "Não é possível que famílias com membros diferentes recebam o mesmo valor. No meu governo, a ajuda só será paga a pessoas que tenham filhos menores de seis anos", teria dito o candidato.

É uma notícia falsa. Há alguma confusão sobre isso, porque Lula estava prometendo pagar mais US$ 150 para crianças menores de seis anos. No entanto, isso não significa que as pessoas que não têm filhos menores de seis anos não receberão mais crédito. Eles não vão receber extra.

Essa não é a primeira notícia falsa sobre o tema a circular nas redes. Nos últimos dias, começou a espalhar a ideia de que Lula teria dito que teria confiscado a poupança das pessoas para poder pagar a ajuda brasileira.

"Companheiros e companheiros. Vamos reter a ajuda brasileira, mas precisamos de sua contribuição. Meus amigos, para apenas 6 meses de 2023, vamos precisar bloquear a poupança dos brasileiros. São só seis meses. Confie nesse metal aqui", diz a impressão.

A informação está errada. O ex-presidente não disse que confiscaria as economias das pessoas para pagar a ajuda brasileira. Em entrevistas, ele afirma que pode bancar o procedimento tributando dividendos e dividendos.

Fake News contra Bolsonaro

Nas redes sociais, há também uma série de notícias falsas contra o atual presidente Jair Bolsonaro (PL). Nos últimos dias, circularam informações falsas indicando que o Governo cortará a ajuda em novembro.

Isso não é verdade. Segundo informações oficiais, o benefício em questão é um programa permanente. Embora ainda não se saiba qual é o valor do projeto para o próximo ano, a verdade é que ele não terminará em novembro.

De fato, a lei atual indica que todos os usuários de auxílio brasileiros devem receber o benefício no valor de pelo menos R$ 600 por família até o final deste ano. Para 2023, o programa continua, mas sem saldo ainda determinado.

Auxílio Brasil segue em outubro

Atualmente, o Auxílio Brasil atende pouco mais de 21 milhões de famílias. Nesta quinta-feira (20), por exemplo, é a vez dos usuários com o número final de inscrição social (shekel) 7, veja no calendário abaixo:

11 de outubro: Usuários com NIS final 1
13 de outubro: Usuários com NIS final 2
14 de outubro: Usuários com NIS final 3
17 de outubro: Usuários com NIS final 4
18 de outubro: Usuários com NIS final 5
19 de outubro: Usuários com NIS final 6
20 de outubro: Usuários com NIS final 7
21 de outubro: Usuários com NIS final 8
24 de outubro: Usuários com NIS final 9
25 de outubro: Usuários com NIS final 0

Com informações do site: FINANCASBRASIL

Nenhum comentário:

Postar um comentário