terça-feira, 22 de novembro de 2022

Atenção! 12 milhões ainda não sacaram o FGTS: Veja se você tem direito


 
Foto: Reprodução
Cerca de 12 milhões de pessoas ainda não gastaram o equivalente a 8 bilhões de reais com o saque extraordinário do FGTS, segundo a Caixa Econômica Federal. Assim, o valor é de até 10.000 reais por pessoa e estará disponível até 15 de dezembro. 

Assim, os depósitos já foram depositados na conta poupança social digital, que a CAIXA abriu automaticamente em nome de cada trabalhador, entre abril e junho deste ano.  

Prazos de saque do FGTS

Primeiro, aqueles que não transferirem o fornecedor no prazo de 90 dias após o depósito veem os recursos retornando para a conta do FGTS, de forma corrigida, de acordo com a Lei 14.075/2020. Assim, para quem perdeu o prazo e viu os recursos retornarem para a conta, mas querem usá-los, o caixa ainda oferece outra oportunidade. 

"Os trabalhadores que devolveram os recursos às contas do FGTS por não terem feito nenhum movimento, mas ainda querem obter crédito pela paralisação excepcional, têm até 15 de dezembro deste ano para solicitar o FGTS", disse o banco em nota.  

Assim, foram liberados 30,98 bilhões de reais para cerca de 45 milhões de brasileiros com direito ao benefício. Além disso, deve-se notar que o retorno desse recurso para aqueles que não usavam saquê excepcional começou em 6 de agosto. 

No entanto, um beneficiário que já usou parte do dinheiro não está incluído neste caso. Isso porque, nesse caso, o valor deixará de ser devolvido à conta do FGTS e estará disponível para uso na Caixa Tem.

Quem pode se retirar?

Saques excepcionais estão disponíveis para os trabalhadores que têm algum saldo em suas contas do fundo de garantia. Portanto, o valor máximo do saque é de R$ 1000, e o depósito é automático, na conta da Caixa tem aplicativo (disponível para Android e iOS).

Com informações do site: FINANCASBRASIL

Nenhum comentário:

Postar um comentário