sábado, 8 de outubro de 2022

Auxílio Brasil: quem recebe o BÔNUS de R$200?


 


Foto: Reprodução
O Auxílio Brasil é mais um dos diferentes benefícios disponibilizados pelo Governo Federal.  Atualmente, mais de 21 milhões de famílias recebem as parcelas mensais do programa, que visa oferecer um suporte financeiro para indivíduos categorizados como baixa renda. Isto é, para aqueles que não possuem renda suficiente para sanar as necessidades tidas como básicas.

Assim sendo, o valor do Auxílio passou por uma mudança recente, subindo de R$400 para R$600. No entanto, o Ministério da Cidadania informou a possibilidade de que um adicional “extra” seja oferecido aos beneficiários, ainda no próximo mês. Dessa forma, se você já é cadastrado ou deseja realizar a solicitação do Auxílio, é necessário entender como funcionam as regras.

Como funciona o Auxílio Brasil
Antes de mais nada, para aqueles que se interessam pelo pagamento “extra”, é preciso entender como ocorre o funcionamento do Auxílio. Primeiramente, como dito, o benefício visa garantir um suporte financeiro para indivíduos que se encontram em situação de extrema pobreza e/ou vulnerabilidade financeira. O foco está em promover o acesso aos direitos básicos de sobrevivência.


Dessa forma, para ser um beneficiário, é preciso ter renda máxima entre R$100 e R$200, a considerar os membros que compõem a família em questão. Os pagamentos ocorrem de forma mensal. Isto é, o Governo Libera, mensalmente, os valores em conta para todos os cidadãos que estão presentes na folha de pagamentos do benefício proposto.

Contudo, para aqueles que desejam inscrever-se no programa, é necessário criar um número NIS (Número de Identificação Social), através do Cadastro Único (CadÚnico). Para realizar o cadastro, basta acessar o aplicativo oficial (bityli.com/OvPJwDrPm). Ademais, a próxima etapa consiste em ir em uma agência física do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), portanto todos os documentos pessoais, bem como comprovante de renda, e pedir para que um servidor finalize seu cadastro.

Novo valor “extra”

Segundo as informações divulgadas pelo Ministério da Cidadania, existe uma nova proposta de um pagamento “extra” para os beneficiários do programa. De acordo com o que foi dito, diversos beneficiários poderão contar com um adicional de R$200 nas parcelas mensais. Isto é, será possível receber R$800, considerando as atuais parcelas de R$600.

Sob esse viés, o extra possui um público alvo. Para receber o “aumento”, será preciso comprovar a obtenção de uma nova fonte de renda. Ou seja, através de um cargo em um determinado trabalho. O “extra” também serve para quem atua como MEI (Microempreendedor Individual). O objetivo do Governo está em impulsionar a busca por atividades, considerando os beneficiários.

Assim sendo, os novos valores possivelmente ficarão disponíveis a partir deste mês de outubro. Existe uma estimativa, que a partir do dia 18, milhares de beneficiários já poderão usufruir dos novos pagamentos. Além disso, é preciso mencionar, que para garantir o benefício, é preciso ter registro em carteira, com exceção dos MEIs. Por fim, para mais informações, é possível consultar uma agência CRAS, para entender melhor o funcionamento do adicional.

Com informações do site: Pronatec

Nenhum comentário:

Postar um comentário