terça-feira, 13 de setembro de 2022

Saiu! Crédito consignado do Auxílio Brasil: Bancos definem as taxas de juros, valores e quando começa os pagamentos


 




Foto: Reprodução

Recentemente, o Governo Federal autorizou o oferecimento do empréstimo consignado do Auxílio Brasil. Faltando ainda a regulamentação da nova linha de crédito por parte do Ministério da Cidadania, já é possível perceber que as taxas de juros serão maiores que as oferecidas no setor.

Segundo uma análise do mercado financeiro, a cobrança de juros deve ultrapassar 60% ao ano, maior do que os atuais 26% ao ano que são cobrados para segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Neste sentido, os beneficiários do programa social devem se atentar ao contratar o crédito.

A modalidade do consignado permite que o pagamento do empréstimo seja efetuado automaticamente da folha do benefício mensal os valores são de R$ 2.000 até R$ 3.000. Sendo assim, antes de receber o abono, o beneficiário tem a parcela da dívida descontada.

No entanto, como mencionado, o novo crédito é preocupante. Especialistas já previam a cobrança de juros abusivos e já se questionavam da grande possibilidade de inadimplência, uma vez que o público do Auxílio Brasil são pessoas de baixa renda em situação de vulnerabilidade social.

De acordo com o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, cerca de 17 bancos estão confirmados para operarem o empréstimo consignado do Auxílio Brasil.

“Hoje já temos quase 17 instituições financeiras homologadas pelo ministério da Cidadania aptas à concessão do empréstimo consignado. É um número que mostra o interesse do mercado em estar disponibilizando o crédito consignado a essa população”, disse.

Alguns bancos já confirmaram a operação do crédito a partir de setembro, como a Caixa Econômica Federal, Banco Pan, Banco Safra, BMG, Daycoval e Facta Financeira.

De acordo com o Banco Agi, a liberação da modalidade está confirmada.  “O Agi já oferece crédito consignado para beneficiários do INSS e agora passa a oferecer também para beneficiários do Auxílio Brasil”, disse a instituição.

No entanto, algumas instituições já confirmaram que não participarão da operação do crédito, como o banco Bradesco. O banco Itaú e o Santander também confirmaram que não realizarão o serviço.

Calendário de setembro do Auxílio Brasil

NIS terminado em 1 – Recebe dia 19 de setembro;
NIS terminado em 2 – Recebe dia 20 de setembro;
NIS terminado em 3 – Recebe dia 21 de setembro;
NIS terminado em 4 – Recebe dia 22 de setembro;
NIS terminado em 5 – Recebe dia 23 de setembro;
NIS terminado em 6 – Recebe dia 26 de setembro;
NIS terminado em 7 – Recebe dia 27 de setembro;
NIS terminado em 8 – Recebe dia 28 de setembro;
NIS terminado em 9 – Recebe dia 29 de setembro;
NIS terminado em 0 – Recebe dia 30 de setembro.
Como consultar os pagamentos?

Por telefone

O beneficiário pode ligar no telefone 121, do Ministério da Cidadania;
Ademais, também é possível ligar na central de atendimento da Caixa, pelo telefone 111.
Por aplicativos

Primeiramente, no aplicativo Auxílio Brasil (disponível para download gratuitamente para Android e iOS);
Por fim, no aplicativo Caixa Tem (disponível para download gratuitamente para Android e iOS).

Com informações do site: noticiasconcursos

Nenhum comentário:

Postar um comentário