terça-feira, 13 de setembro de 2022

Novo valor do programa AUXÍLIO BRASIL é anunciado pelo Presidente Bolsonaro


 


Foto: Reprodução

Bolsonaro anunciou em anúncios eleitorais, transmitidos no rádio e na televisão, que planejava pagar prêmios mais valiosos no Auxilio Brasil . O valor, de acordo com o vídeo da campanha, será repassado aos beneficiários que começarem a trabalhar em 2023.

Seu candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), tem como ferramenta fundamental de campanha o programa de previdência que ele estabeleceu em seu governo. O auxílio brasileiro, que substituiu o Bolsa Família, inclui 20,2 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade social.


Assim, na última quinta-feira (8), o candidato do PL revelou a promessa de pagar parcelas de R$ 800 de ajuda brasileira. Esse valor será pago aos beneficiários que começarem a trabalhar. O trabalhador, além do salário, receberá o benefício do auxílio-doença.

De acordo com o anúncio, a promessa será cumprida caso o presidente Bolsonaro seja reeleito nas eleições de 2022. O primeiro turno das eleições ocorrerá no dia 2 de outubro e o segundo turno, se acontecer, será no dia 30 do mesmo mês.



O valor da ajuda brasileira no orçamento 



Mesmo prometendo, em rede nacional, pagar 800 reais em auxílio brasileiro, o valor enviado na proposta orçamentária para 2023 é bem menor. O texto recebido pelo Congresso Nacional para análise final prevê uma parcela mensal de R$ 405.



Atualmente, mais de 20 milhões de beneficiários recebem 600 reais. No entanto, esse valor só é garantido até 31 de dezembro de 2022. O valor ampliado é, segundo o governo, para minimizar os efeitos da inflação


Auxilio brasil de R$ 600

Para continuar pagando os juros de 600 reais em 2023, será necessário, segundo Bolsonaro, implementar uma das duas medidas propostas. Na primeira possibilidade, haverá tributação de dividendos e dividendos a uma alíquota de 15% para quem recebe mais de 400 mil reais por mês.



A segunda medida é submeter uma proposta de emenda à Constituição aos deputados e senadores para estender o estado de emergência. É importante lembrar que o valor atual foi investigado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) porque foi proposto pelo governo às vésperas das eleições de 2022.



Assim, pode ser usado para aumentar a popularidade de Bolsonaro e conquistar os votos dos eleitores. O principal objetivo, com a expansão, são os beneficiários do programa assistencial.


Com informações do site: redebrasilnews

Nenhum comentário:

Postar um comentário