terça-feira, 13 de setembro de 2022

Caixa confirma liberação de empréstimo para baixa renda de R$ 1.500 até R$ 3.500; veja como funciona


 


Foto: Reprodução

O atual comando da Caixa Econômica Federal anunciou uma parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) que pretende liberar até R$ 60 bilhões em microcrédito a brasileiros de baixa renda.

O novo acordo foi firmado pela nova presidente da estatal, Daniella Marques, sucessora de Pedro Guimarães, que deixou o cargo após denúncias de assédio sexual. Com a novidade, a previsão é que o banco libere novas linhas de crédito no valor de até R$ 3,5 mil.

Nova modalidade de crédito da Caixa

A oferta de empréstimo para pessoas de baixa renda chega em conjunto com uma medida provisória que criou o Programa de Simplificação do Microcrédito para Empreendedores (SIM Digital). O texto que trata do tema já foi convertido em lei pelo Senado.

Sob nova gestão, a Caixa também anunciou que vai criar políticas financeiras voltadas exclusivamente ao público feminino. No caso de quem é baixa renda, o foco são os donos de pequenos negócios e prestadoras de serviço.

Além disso, o banco também atuará como principal agente dos empréstimos realizados pelo Sebrae para o Fundo de Aval para Micro e Pequenas Empresas (Fampe).

Quem vai poder solicitar os empréstimos?

As pessoas que realizam alguma atividade produtiva e de prestação de serviço, tanto urbana quanto rural, de forma individual ou coletiva. Um exemplo é quem atua como Microempreendedor Individual (MEI).

Outro ponto é que metade do crédito será destinado preferencialmente às mulheres, que muitas vezes são as únicas provedoras do sustento da casa. Poderão participar os empreendedores cujo faturamento anual é de até R$ 81 mil.

No caso daqueles que possuem uma pequena empresa aberta, o faturamento limite será de até R$ 4,8 milhões por ano.

Qual o valor limite por empréstimo?

No caso de pessoas físicas, a primeira linha de crédito terá o valor máximo de R$ 1,5 mil. Já para quem atua como MEI a quantia liberada pode ser maior, de até R$ 3,5 mil.

Outro fator que pode elevar a liberação do crédito é para o caso de a empresa comprometer a recolher contribuições da Previdência Social. Para isso, a Caixa irá analisar toda a documentação do tomador.

A previsão é que até novembro os primeiros empréstimos da nova linha de crédito tenham sido fechados.

Com informações do site: editalconcursosbrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário