quarta-feira, 14 de setembro de 2022

Auxílio Brasil: veja se o seu cadastro pode ser cortado por falta no Censo 2022


 


Foto: Reprodução

Faltando menos de um mês para o 1º turno das eleições presidenciais e legislativas, o Censo 2022 tem sido alvo de fake news nas redes sociais, a fim de causar confusão e disseminar informações erradas. Em uma das mensagens falsas que circulam, sugere que os beneficiários do Auxílio Brasil que não responderem ao questionário terão o pagamento cortado.

Além da fake sobre o Auxílio Brasil, outra sugere que os agentes do Censo usem o celular como urna eletrônica, a fim de roubar dados para fraudar o pleito. Um terceiro boato recorrente, alerta para falsos agentes que entram nas casas das pessoas e anunciam assalto.

Neste último caso, é distribuída uma foto falsa do “suspeito de assalto” que teria sido preso. A imagem é usada desde 2014 e ganhou força com o Censo 2022. Todos os boatos citados anteriormente foram desmentidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Ministério da Cidadania e pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Em nota, o IBGE informa que, “não são verdadeiras as informações que vinculam o Censo 2022 ao pagamento de qualquer programa social. As informações prestadas pelos entrevistados são mantidas em completo sigilo pelo IBGE, sendo apenas utilizadas para compor estatísticas para o conjunto da sociedade”, referindo-se a “fake news” do Auxílio Brasil.

Detalhes do Censo
Com relação às respostas ao Censo, o Ministério da Cidadania informa que, “é importante destacar que a recusa em prestar esclarecimentos ao Censo é passível de multa e prejudica a construção de um retrato fiel do Brasil e dos brasileiros”.

O Censo 2022 começou no dia 1º de agosto, com mais de 183 mil recenseadores. Os agentes visitarão 75 milhões de residências em mais de 5 mil municípios por todo o país, incluindo aldeias indígenas e quilombolas.

De acordo com o IBGE, além de informar o tamanho da população, que é atualmente estimada em 215 milhões de habitantes, o Censo 2022 vai registrar dados mais detalhados dos brasileiros. O intuito do Censo é mostrar as principais características socioeconômicas da sociedade, como idade, sexo, cor ou raça, religião, escolaridade, renda, saneamento básico dos domicílios, entre outros pontos.

É importante lembrar que é possível verificar se o agente está ou não cadastrado no IBGE. Para isso, basta solicitar o número do RG, CPF ou matrícula do recenseador no IBGE. Com estes dados, basta acessar este link e clicar em “Verifique a identidade do entrevistador” e inserir os dados. Feito isso, você receberá a confirmação da identidade do recenseador.

Detalhes do Auxílio Brasil
Atualmente, o Auxílio Brasil paga aos seus beneficiários o valor de R$ 600, assim como assinado pelo Congresso na emenda Constitucional. O benefício no valor atual tem duração prevista para até dezembro de 2022, retornando aos R$ 400 que eram pagos anteriormente.

Segundo o Ministério da Cidadania, que desmentiu a fake news anterior, o benefício só é suspenso em caso de informações divergentes do Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico), após o processo de análise da situação das famílias para definir a permanência no programa.

Antes deste procedimento, o beneficiário do Auxílio Brasil é orientado a atualizar as informações do seu cadastro. Caso este não preencha mais os requisitos para receber o pagamento, o beneficiário será suspenso do pagamento do programa.


Com informações do site: noticiasconcursos

Nenhum comentário:

Postar um comentário