sábado, 10 de setembro de 2022

Auxílio Brasil será R$ 600 ou R$ 800 em setembro? Entenda


 


Foto: Reprodução


SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - QUAL É O VALOR EXATO DO AUXÍLIO BRASIL?

As mais de 20 milhões de famílias inscritas no CadÚnico (Cadastro Único) que receberão o benefício no mês de setembro devem ganhar R$ 600, conforme valores aprovados em lei e que já constam no Orçamento.

No entanto, o valor original do Auxílio Brasil é de R$ 400 por família. Há benefícios complementares que podem elevar a renda. Em julho, por exemplo, quando ainda não estavam sendo pagos os R$ 600, os beneficiários receberam, em média, R$ 408,80, segundo o Ministério da Cidadania.

Como você enfrentaria um cenário de Segunda Guerra Mundial? Esse jogo simul
Publicidade
Grande Simulador de Estratégia Histórica
Como você enfrentaria um cenário de Segunda Guerra Mundial? Esse jogo simul
Conforme o planejamento do governo Bolsonaro, a parcela de R$ 600 vai só até dezembro, após manobra eleitoral feita por Planalto e Congresso para driblar a legislação e aprovar os R$ 200 extras até o final do ano. No Orçamento de 2023, houve apenas a correção pela inflação e o benefício deverá ser de R$ 405 por família.

AUXÍLIO GÁS ELEVA VALOR A CADA DOIS MESES

As 5,6 milhões de famílias que recebem o Auxílio Gás conseguem ter um valor maior a cada dois meses, mas o pagamento também é temporário, somente até dezembro, já que o vale-gás pago para a compra do botijão teve seu valor duplicado na manobra eleitora. A partir de janeiro, o benefício volta ao normal.

Como os beneficiários já receberam o Auxílio Gás em agosto, no mês de setembro, não há pagamento extra. Portanto, até que o governo anuncie o contrário, neste mês, serão pagos R$ 600.

Em agosto, as famílias chegaram a receber R$ 710, ao somar o auxílio de R$ 600 e o vale-gás de R$ 110.

CALENDÁRIO DE PAGAMENTO PODE SER ANTECIPADO

O Ministério da Cidadania estuda antecipar o calendário de pagamento no mês de setembro, como fez em agosto. A medida, por enquanto, ainda não foi aprovada.

Com isso, os depósitos do benefício seguem cronograma de pagamentos habitual entre os dias 19 e 30. A ordem dos depósitos não mudará.

O dinheiro é liberado conforme o final do NIS (Número de Identificação Social). Primeiro, recebem os cidadãos com NIS final 1 e assim sucessivamente, até chegar em quem tem cartão final zero.

Vídeo relacionado: Auxilio Brasil vai oferecer crédito consignado a partir de setembro


Em agosto, os pagamentos estavam previstos para começar no dia 18, mas foram antecipados para o dia 9 e terminaram no dia 22.

CONFIRA O CALENDÁRIO DE PAGAMENTO DO AUXÍLIO BRASIL

Final do NIS - Setembro - Outubro - Novembro - Dezembro

1 - 19 - 18 - 17 - 12

2 - 20 - 19 - 18 - 13

3 - 21 - 20 - 21 - 14

4 - 22 - 21 - 22 - 15

5 - 23 - 24 - 23 - 16

6 - 26 - 25 - 24 - 19

7 - 27 - 26 - 25 - 20

8 - 28 - 27 - 28 - 21

9 - 29 - 28 - 29 - 22

0 - 30 - 31 - 30 - 23

NOVO ADICIONAL É LIMITADO

De acordo com a propaganda veiculada pela TV, a campanha do presidente diz que o novo valor seria repassado aos beneficiários que "começarem a trabalhar", sugerindo se tratar do Auxílio Inclusão Produtiva, existente na estrutura de benefícios do programa social, mas que nunca foi implementado.

O benefício foi criado com a ideia de premiar beneficiários do programa, pessoas em situação de pobreza ou extrema pobreza, que conseguissem um trabalho com carteira assinada.

Mas na plataforma do Ministério da Cidadania, não constam quaisquer informações sobre contemplados pelo Auxílio Inclusão Produtiva Urbano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário