quarta-feira, 3 de agosto de 2022

Pagamentos EXTRAORDINÁRIOS do abono salarial e FGTS ainda estão disponíveis; veja como sacar


 


Foto: Reprodução
Descobrir que se tem um dinheiro a mais receber no mês pode ser motivo de alegria para muitas pessoas que podem estar precisando da quantia para cobrir o pagamento das contas do mês. 

Dessa maneira, os brasileiros podem contar com duas possibilidades de saques no momento. São eles: o FGTS e o abono salarial. Confira na matéria quem tem direito ao saque e a como fazer para consultar e sacar as quantias disponíveis.

FGTS Extraordinário!
Uma das possibilidades de saque disponível é o FGTS Extraordinário. A modalidade de saque ocorreu através de uma medida do Governo Federal para permitir que a população pudesse ter uma antecipação do dinheiro, além de também ser uma tentativa de fazer com que a economia pudesse girar.

Assim, os trabalhadores podem sacar a quantia de até R$ 1 mil até a data limite do dia 15 de dezembro. O saque pode ser feito por meio da conta do Caixa Tem. No entanto, é importante destacar que não é obrigatório retirar o dinheiro e, caso a pessoa decida por não sacá-lo, após o prazo limite ele voltará para a conta de origem. A pessoa pode declarar também que não possui intenção de sacar o valor antes da data.

Por outro lado, outro destaque pode render algum valor é o FGTS-Aniversário. Quem aderiu poderá sacar, neste mês, uma quantia variável entre R$ 50 a até R$ 2,9 mil, levando em consideração o total que a pessoa possui em conta. Agora, a possibilidade está disponível para quem nasceu entre os meses de maio a julho.

Contudo, trabalhadores nascidos em outros meses poderão sacar conforme as regras do programa. Nesse sentido, para sacar a pessoa deverá aderir à modalidade e estar ciente das implicações que ela traz. Mais informações através da página oficial do FGTS Caixa: https://bityli.com/GNslod.

Abono salarial do PIS/Pasep
Além disso, o abono salarial do PIS/Pasep referente aos anos base de 2019 e 2020 também está disponível. Para receber, os interessados devem ter realizado trabalhos relativos aos anos-base acima por pelo menos 30 dias, além de estarem inscritos no PIS ou PASEP há, ao menos, 5 anos.

Ainda, outros requisitos incluem ter os dados registrados corretamente no e-Social ou RAIS, algo que deve ser feito pelo empregador, e ter tido um salário médio equivalente à quantia de dois salários mínimos.

Para consultar se há valores disponíveis e saber como sacá-los, há duas formas. Dessa maneira, a primeira delas é ligar para o número 158 e solicitar o serviço junto à Central Alô Trabalho.

Contudo, também é possível conferir detalhes pelo aplicativo da Carteira Digital de Trabalho, que pode ser baixado no celular através do seguinte endereço: https://bityli.com/NdhrOJ.


Com informações do site: pronatec, Said Slaibi

Nenhum comentário:

Postar um comentário