sábado, 6 de agosto de 2022

ÓTIMA NOTÍCIA! Margem social libera R$20mil para todos do INSS; entenda como funciona


 


Foto: Reprodução
Beneficiários do INSS podem ter acesso a R$ 20 mil através do empréstimo consignado da margem social. Confira aqui como vai funcionar e demais detalhes dessa modalidade de crédito!

O Deputado Federal Pompeo de Mattos do PDT-RS é o autor do Projeto de Lei de n.° 4732 apresentado no ano de 2020. A proposta visa a liberação do empréstimo consignado da margem social para os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Empréstimo consignado da margem social

Os bancos públicos vão poder oferecer o empréstimo consignado da margem social para seus clientes, contando com as melhores vantagens do mercado de crédito. Desse modo, através da contratação dessa modalidade, os beneficiários do INSS não precisam ter margem consignável disponível e podem utilizar aqueles que estão negativados.

Lembrando que a Medida Provisória 1106 que faz parte do Programa de Renda e Oportunidade, liberou medidas que beneficiam os contratantes de empréstimo consignado. Sendo assim, pode comprometer agora 35% do seu salário de benefício com esse serviço.

No entanto, mesmo com o aceso ao aumento de margem, são inúmeros os contratantes que no momento não podem fazer novas contratações de empréstimos. Com isso a margem social vai ajudar esse público a ter uma grana extra garantida. Sem haver endividamento e os valores contratados fiquem somente para suas despesas urgentes.

O que seria o empréstimo consignado da margem social?
O empréstimo consignado da margem social pode ser classificado como uma nova linha de crédito. Garantindo que negativados e os que estejam sem margem consignável possam fazer a contratação desse serviço. Além disso, os valores disponíveis variam em até R$ 20 mil, iniciando o pagamento das parcelas somente depois de 120 dias.

E o melhor de tudo é que a taxa de juros é anual com percentual limite de 2,5%. Juros jamais oferecidos pelo mercado de crédito até o momento. Nesse sentido, a margem social tem o propósito de inibir o endividamento dos contrantes e que eles possam destinar esse dinheiro em despesas urgentes.

Descontos das parcelas:
O desconto das parcelas não pode ultrapassar o valor estipulado em cada parcela com base no valor da contratação. Isso porque, os contratantes não podem ter toda sua renda mensal comprometida com empréstimo consignado, por isso a margem consignável para esse serviço é de 35%. Mas ainda não se tem a confirmação que o empréstimo da margem social vai seguir as mesmas regras estabelecidas para os consignados.

Quem pode ter acesso à margem social?
O acesso ao empréstimo a esse empréstimo consignado é destinado para um grupo e não somente para os beneficiários do INSS, portanto se aprovada essa modalidade, vão poder contratar:

Militares ativos e inativos;
Servidores públicos ativos e inativos;
Aposentados e pensionistas do INSS.
Por fim, o projeto de lei está no momento na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público. Ou seja, não está liberada a sua contratação. Por isso cobre as autoridades para que sua tramitação ocorra o mais breve possível e você possa contar com essa nova modalidade de crédito.


Com informações do site: joaofinanceira, joaofinanceira

Nenhum comentário:

Postar um comentário