sábado, 6 de agosto de 2022

Meta pretende capacitar gratuitamente 50 mil brasileiros em áreas de TI


 


Foto: Reprodução
A Meta anunciou ontem (3) que pretende capacitar 50 mil brasileiros em tecnologias nas áreas de nuvem, marketing digital e tecnologias para o metaverso até 2023. A prioridade será de pessoas formadas em escolas públicas, mulheres, pessoas negras e pessoas da comunidade LGBTQIA+.

Por enquanto, apenas os estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Goiás, Pernambuco, Alagoas e Amazonas farão parte do projeto, que deve acontecer no Portal Tech, uma parceria com a Amazon Web Services.

Os pré-requisitos para participar são: ter cursado o ensino médio em escola pública e morar em uma das 17 cidades onde a escola profissional Proz Educação tem unidades físicas ou parcerias locais para o uso de computadores — a instituição será responsável por ministrar os cursos. Também é preciso se inscrever para tentar assegurar a vaga.

Como serão os cursos
O programa contará com duas fases. A primeira, com início em 20 de agosto, tem como objetivo capacitar 25 mil pessoas em curso de fundamentos da nuvem AWS. Outras 25 mil terão acesso a cursos básicos gratuitos de realidade aumentada (Spark AR) e marketing digital na plataforma Blueprint da Meta.

Aqueles que terminarem o treinamento inicial e demonstrarem interesse em trabalhar com essas tecnologias irão para a segunda fase. Serão selecionados 2 mil estudantes.

Os escolhidos se formarão em Introdução à Programação em um curso online e presencial voltado a habilidades técnicas, como introdução à programação em Javascript, introdução a web services, Node JS e bancos de dados.

Os estudantes, então, serão divididos em dois grupos: mil dos dos em programação irão se especializar em computação em nuvem e participar de um curso preparatório para a prova de certificação AWS Cloud Practitioner.

Os outros mil terão treinamento avançado em marketing digital e tecnologias para o metaverso e farão curso preparatório para obtenção de certificações da plataforma do Meta Blueprint.

As certificações serão entregues de forma gratuita para metade dos classificados, de acordo com a performance no curso, e todos receberão suporte na criação de seus currículos e preparação para entrevistas de emprego.

Eles também serão conectados a oportunidades de emprego em empresas clientes e parceiras da AWS e da Meta que tenham vagas em nuvem, tecnologias para o metaverso e marketing digital.


Com informações do site: uol, D'Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário