quinta-feira, 21 de julho de 2022

Veja como fazer para receber a parcela de R$ 1 mil pelo Auxílio Brasil.


 
Foto: Reprodução


Os detentores do Auxílio Brasil podem reajustar os valores de suas mensalidades. Nas próximas semanas, o Ministério da Cidadania deverá iniciar uma nova rodada do projeto social. A expectativa é que 18 milhões de pessoas sejam contempladas. Abaixo, entenda quem pode ter o depósito de R$ 1 mil.


A mensalidade da Ajuda Brasileira está entre os assuntos mais comentados dos últimos dias. Após o Governo Federal aprovar a proposta de pagamento fixo em R$ 400, os cidadãos ainda buscam ter direito ao abono e entra em R$ 1 mil.



Quem receberá a parcela de R$ 1.000 do Brazil Aid?



Pelo regimento do Ministério da Cidadania, o pagamento será concedido às famílias que tenham jovens matriculados nas bolsas de iniciação científica ou esportiva. O valor é concedido quando o aluno comprova ter um bom desempenho estudantil.



Quem passar nessas categorias pode receber um pagamento único de R$ 1.000 ou R$ 100 mensais ao longo do ano.



Lista de benefícios complementares do Brazil Aid



Benefício de Primeira Infância: pago a famílias com crianças entre zero e 36 meses incompletos;
Benefício de Composição Familiar: pago a famílias com jovens até 21 anos;
Benefício de Superação da Pobreza Extrema: um complemento financeiro para as famílias que recebem benefícios, mas que, ainda assim, a renda familiar per capita não excede a linha de pobreza extrema;
Bolsa de Iniciação Científica Júnior: 12 parcelas mensais pagas aos alunos que recebem o Brazil Aid com bom desempenho em competições acadêmicas e científicas;
Auxílio Criança Cidadã: benefício pago aos chefes de famílias que conseguem um emprego e não encontram vagas em creches para deixar crianças de 0 a 48 meses;
Auxílio à Inclusão Produtiva Rural: pago por até 36 meses aos agricultores familiares matriculados no CadÚnico;
Auxílio à Inclusão Produtiva Urbana: para beneficiários do Brazil Aid que comprovem que tenham vínculo empregatício com carteira assinada;
Benefício Compensatório Transitório: pago aos atuais beneficiários do Bolsa Família que perdem parte do valor recebido devido às mudanças trazidas pelo novo programa;
Assistência Esportiva Escolar: voltada para estudantes entre 12 e 17 anos que sejam membros de famílias beneficiárias e que se destaquem nos Jogos Escolares Brasileiros.


Quais são as regras para receber o novo Auxílio Brasil?



É necessário estar cadastrado no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);
Ser selecionado pelo Ministério da Cidadania;
Estar na pobreza ou na pobreza extrema.
A exigência para que as famílias em situação de pobreza tenham direito ao benefício é ter em sua composição, gestantes, lactantes (mães amamentando), crianças, adolescentes ou jovens entre 0 e 21 anos de idade incompletos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário