domingo, 5 de junho de 2022

Caixa libera empréstimo para negativos de até R$ 3.000; veja como receber


 
Foto: Reprodução


No caso de pessoas físicas que desejam começar ou melhorar uma atividade, os valores oferecidos pelas contratações variam entre R$ 300 e R$ 1 mil. A solicitação pode ser feita de forma 100% digital por meio do aplicativo Caixa Tem. As taxas de juros são a partir de 1,95% ao mês e o prazo para pagar de até 24 meses.
Em se tratando de pessoas jurídicas, que atuam como MEI, o limite é um pouco maior. Ao grupo é concedido crédito entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil. A contratação é um pouco diferente, pois ela acontece exclusivamente em agências físicas da Caixa. As taxas de juros são a partir de 1,99% ao mês e o prazo de pagamento também em até 24 meses.

Quais as condições para solicitar o crédito da Caixa?
Mesmo sendo de mais fácil acesso, a nova linha de crédito da Caixa exige algumas condições que devem ser cumpridas por ambos os públicos:

Para quem é pessoa física

Ser pessoa física que deseja iniciar ou expandir seu negócio. Quem é beneficiário do Auxílio Brasil também pode solicitar o crédito;
Ter atualizado a conta poupança social digital para uma Poupança Digital+, via Caixa Tem;
Possuir menos de R$ 3 mil  em dívidas bancárias em 31 de janeiro de 2022, com exceção de valores de financiamentos habitacionais e limites não usados;
Estar com os dados cadastrais atualizados no Caixa Tem;
Ter sido aprovado na análise de crédito feita pela Caixa;
Estar de acordo com os requisitos do Programa de Simplificação do Microcrédito Digital para Empreendedores (SIM Digital).
Para quem atua como MEI

Ser Microempreendedor Individual (MEI) formal há 12 meses ou mais;
Possuir faturamento anual inferior a R$ 81 mil com o negócio;
Ter menos de R$ 3 mil em dívidas bancárias em 31 de janeiro de 2022, sendo exceção financiamentos habitacionais e limites que não foram utilizados;
Ter acesso a uma Conta Pessoa Jurídica Caixa;
Ter sido aprovado na análise de crédito;
Estar dentro das regras do SIM Digital.
Importante salientar que ambas as linhas de crédito fazem parte do Programa de Simplificação do Microcrédito Digital para Empreendedores (SIM Digital). Sua proposta é fornecer subsídios ao empreendedorismo popular e estimular a formalização de pequenos negócios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário