terça-feira, 4 de janeiro de 2022

Trabalhador poderá receber até R$ 10 mil com a Revisão do FGTS; veja quem tem direito


 


Foto: Reprodução

O trabalhador com carteira assinada tem direito ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), e quem trabalha formalmente desde 1999 pode ter direito a uma remuneração que pode chegar até R$ 10 mil. No entanto, vai depender do tempo trabalhado registrado em carteira. A revisão também leva em conta o valor do seu salário e o tempo que o saldo ficou disponível nas contas vinculadas ao FGTS. O trabalhador que já tiver sacado todo o saldo do fundo também poderá pedir a revisão. Porém, é preciso saber se vai valer a pena pedir a revisão do Fundo de Garantia.

Para que a revisão possa valer a pena, é necessário que a pessoa tenha trabalhado por muitos anos na mesma empresa, e com um salário consideravelmente alto. Para quem trocou muito de emprego ou teve salários baixos, a revisão não será vantajosa.

Muita gente ouve falar da Revisão do FGTS mas não sabe o que significa. Na verdade, a revisão pede a troca do índice que faz a correção monetária do saldo do Fundo de Garantia por um que possa compensar as perdas causadas com a alta da inflação.

Atualmente o saldo do FGTS é corrigido pela Taxa Referencial (TR) que está zerada desde 1999, ou seja, criando uma grande perda para os trabalhadores.

Um dos objetivos é trocar a TR pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) ou um outro que possa cobrir a inflação.

A esperança dos trabalhadores é uma decisão favorável do STF (Supremo Tribunal Federal) que deverá julgar a questão em breve, mude o índice de correção monetária favorecendo que tem dinheiro ou teve em contas vinculadas ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).  

Os especialistas acreditam que uma decisão favorável ao trabalhador poderá ultrapassar o valor de R$ 300 bilhões. O que poderá ajudar o trabalhador que teve o saldo reduzido pela adoção da Taxa Referencial (TR) para efetuar a correção monetária, e recuperar as perdas inflacionárias registradas entre o ano de 1999 até 2021.

Isso poderá garantir ao trabalhador favorecido pela revisão, receber um valor de R$ 10 mil, mesmo para quem já tenha sacado todo o saldo. Estimativa do valor pode ser feita pela startup LOIT (lembrando que será levado em conta o saldo do FGTS, o tempo trabalhado e o salário recebido que interferem nos valores mensais na conta.

Com informações do site: ExpressoDoSertão