quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Programa garante formação técnica profissional e renova sonhos de empregabilidade de jovens e adultos


 


Foto: Reprodução

Jovens em busca de capacitação para o primeiro emprego e adultos que não cansam de aprender e inovar na própria vida. Eles são o retrato das turmas dos cursos de ‘montagem e reparação de computador’ e ‘costureiro sob medida’ formadas em dezembro passado, por meio do Programa Emprega Mais, em Alagoas. A iniciativa culminou na entrega de 34 diplomas a pessoas até então desempregadas, mas que a partir dos conhecimentos adquiridos já almejam uma nova colocação no mercado de trabalho, ou mesmo como empreendedores, neste 2022.

A dona de casa e agora costureira, Marilda Oliveira, não esconde o renovo que a atividade trouxe para seus dias: “Foi uma ótima oportunidade que tivemos, para mim foi maravilhoso, eu estava aposentada e em casa sem fazer nada durante toda a pandemia, com o curso de costureira eu comecei a sair de casa, pude interagir com outras pessoas, isso fez a diferença para minha saúde mental. Eu até já tinha uma base da costura, mas com o curso aprendi muito mais, fiz uma calça para mim durante o curso, agora faço consertos para familiares e recebi até uma proposta de emprego.”

Emprega Mais

O Emprega Mais acontece por meio da parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e Ministério da Economia. Em Alagoas, graças ao número de empregos gerados – 2,5 mil postos de trabalho qualificados, a Braskem teve a oportunidade de contribuir com a indicação de pessoas de comunidades do entorno da unidade de Cloro Soda, em Maceió, para participar dos cursos no ano passado.

As turmas reuniram moradores dos bairros Trapiche da Barra e Pontal da Barra, com aulas ministradas nas próprias comunidades. Os cursos disponibilizados gratuitamente  foram escolhidos a partir do diálogo com lideranças e refletem a necessidade apontadas pelos próprios participantes. Foram duas turmas de montagem e reparação de computadores e uma turma para o curso de costureiro sob medida.

Ministrados por profissionais tutelados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), os cursos tiveram duração de três meses e carga horária mínima de 200 horas, incluindo módulo de preparação para inserção no mercado de trabalho.

Para Milton Pradines, gerente de Relações Institucionais da Braskem em Alagoas, a formação técnica profissionalizante oferecida por meio do Emprega Mais, contribui diretamente para a inserção dessas pessoas no mercado de trabalho. “De forma mais ampla, a requalificação profissional também garante ganho de produtividade dos setores econômicos. Trata-se de uma excelente contribuição do Sistema Indústria para o desenvolvimento e a produtividade do setor em Alagoas”, comenta.

Fonte: Assessoria 

Com informações do site: correiodosmunicípios