quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Novo salário mínimo: INSS, seguro desemprego e abono salarial seguem o reajuste


 


Foto: Reprodução

Com o aumento do salário mínimo de R$ 1.100 para R$ 1.212 anunciado no primeiro dia de 2022, os valores de direitos trabalhistas e benefícios também terão reajustes, como o  abono salarial, seguros do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e o seguro-desemprego.

O valor do seguro-desemprego pago ao trabalhador com carteira assinada demitido sem justa causa é definido conforme a média salarial dos últimos três meses anteriores à demissão. O valor da parcela não pode ser inferior ao salário mínimo, atualmente em R$ 1.212.

Os benefícios do INSS também são reajustados conforme o novo valor do salário mínimo. Para quem recebe um salário mínimo os depósitos de janeiro serão feitos entre os dias 25 e 7 de fevereiro. Os segurados com renda mensal acima do piso receberão a partir de 1º de fevereiro.

No caso do abono salarial PIS/Pasep, que é pago aos trabalhadores do setor público e privado que recebem até dois salários mínimos com carteira assinada, o aumento segue o valor definido para o salário mínimo. O calendário de pagamentos está no site da Caixa Econômica Federal.

Com informações do site: IstoÉDinheiro