quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Gás, energia, juros e salário mínimo: Como fica a economia em 2022?


 

Foto: Reprodução
O novo salário mínimo entrou em vigor desde o último dia 1º de janeiro de 2022. O valor passou de R$ 1.100 para R$ 1.212, um aumento de R$ 112. Para chegar nesse resultado, foi usado o percentual inflacionário medido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Apesar do reajuste, não houve ganho real para os trabalhadores pelo terceiro ano consecutivo. A mudança também se aplica para aposentadorias, seguro-desemprego, PIS/Pasep e pensões.
 
No caso do abono, por exemplo, os pagamentos serão relativos ao ano-base 2020 que não foi pago em 2021, cujo valor máximo será de R$ 1.212. O mesmo vale para o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e para quem recebe o piso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Auxílio Brasil

Em 2022, para quem recebe o Auxílio Brasil, o valor pago mensalmente será de R$ 400 até dezembro. Além da manutenção da quantia, a ideia do governo é ampliar o número de recebedores, passando de 14,6 milhões para cerca de 18 milhões. Este ano, o benefício terá início no dia 18 de janeiro.

Vale-gás

Juntamente com o começo dos repasses do Auxílio Brasil 2022, também terão início os pagamentos do vale-gás de R$ 52 no dia 18 de janeiro. Cerca de 5,5 milhões de famílias de todo o Brasil receberão a ajuda.

Até então, apenas 100 mil famílias que moram nas cidades afetadas pelas chuvas em Minas Gerais e Bahia tiveram o pagamento do benefício antecipado.

Lembrando que para o recebimento do vale-gás é necessário ter em mãos o cartão e senha do Auxílio Brasil. Já para consultar a disponibilidade do benefício, basta acessar o app do programa de transferência de renda.

Tarifa Social de Energia

A Tarifa Social de Energia Elétrica continua em vigor no ano de 2022. Quem for inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) pode solicitar o desconto na conta de luz que varia de 10% a 65%. As reduções se aplicam apenas para as famílias que consumirem até 220 kWh (quilowatts-hora) por mês.

Juros e taxa Selic

A taxa básica de juros, a Selic, subiu sucessivas vezes em 2021. Atualmente, seu percentual é de 9,25% ao ano. Os aumentos acabaram encarecendo empréstimos e a concessão de crédito. Em 2022, a previsão é de mais altas para o índice, mas com previsão de estagnação.

Com informações do site: Edital Concursos Brasil