sexta-feira, 7 de janeiro de 2022

Concurso Receita: secretário levará pauta ao ministro Guedes




Foto: Reprodução
O concurso Receita Federal 2022 vem ganhando ainda mais força, pelo menos se depender de esforços do novo secretário do órgão, Julio Cesar. Ele prometeu tratar da pauta com o ministro Paulo Guedes em uma próxima reunião.

A informação foi passada pelo Sindifisco Nacional, após reunião realizada na última quarta-feira.

O encontro contou com o secretário da Receita, além de vários representantes do Sindifisco Nacional. A 2ª vice-presidente, Natália Nobre, disse que o órgão não pode aceitar como entrave para a realização do concurso o ano eleitoral.

Ele relembrou que o último concurso, seja o de 2012 ou de 2014, também foram realizados em ano eleitoral. O de 2014, inclusive, além de ser autorizado em fevereiro ainda conseguiu nomear os auditores naquele mesmo ano.

Natália Nobre ainda destacou a urgência na realização do concurso público, principalmente para atender os colegas das fronteiras.

O secretário respondeu ao Sindifisco que, atualmente, há dois processos em andamento. Ele deu prioridade ao bônus, mas que levará a pauta do concurso em uma próxima reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Concurso Receita é uma das prioridades do novo secretário
Se a antiga gestão deixou o assunto concurso público um pouco de lado e não lutou pela autorização, o novo secretário tem feito diferente e deve "fazer acontecer". O aval e conseguir realizar a seleção é uma de suas prioridades.

Essas devem ser uma das principais prioridades para o ano de 2022. Tal informação consta no comunicado interno do próprio órgão, divulgado após o concurso ser tratado em reunião, dias antes da virada do ano.

Recentemente, Julio Cesar visitou a Bahia e, na ocasião, falou sobre a necessidade de pessoal e a expectativa de receber a autorização do Ministério da Economia já no início de 2022.

Secretário da Receita espera nomear ainda em 2022

O secretário Julio Cesar, em resposta ao Sindifisco, disse que espera receber o aval do Ministério da Economia para a realização do concurso Receita Federal ainda em janeiro. Isso porque ele deseja contar com estes servidores ainda em 2022.

Sem dar muitos detalhes das tratativas com a Economia, ele disse que trabalha com esses esforços. Segundo ele, nomear esses servidores ainda em 2022 é de suma importância.

De acordo com o Sindifisco, para isso acontecer, o concurso precisaria ser autorizado, aberto e homologado até julho deste ano.

Concurso Receita Federal: foram pedidas 699 vagas

Em julho de 2020, foi confirmado um pedido de concurso com mais de 3 mil vagas. Entretanto, em 2021, um ofício foi publicado e reajustou a demanda para 699 vagas e incluindo apenas dois cargos, sendo:

230 vagas para auditor-fiscal; e
469 vagas para analista-tributário

Este ofício foi direcionado ao Ministério da Economia e, desde então, o pedido já tramitou algumas vezes, mas também esteve parado por muitos meses durante a gestão de Tostes.

No pedido anterior, foram incluídos cargos da área administrativa, mas neste, apenas auditor e analista.

Com informações do site: FOLHA DIRIGIDA