terça-feira, 4 de janeiro de 2022

Concurso CGU: Inscrições abertas! São 375 vagas


 

Foto: Reprodução
Já sabem da novidade?

Foi publicado hoje o edital do Concurso da Controladoria Geral da União (Concurso CGU), 

Estão sendo ofertadas 300 vagas para o cargo de Auditor Federal de Finanças e Controle e 75 vagas para o cargo de Técnico Federal de Finanças e Controle.

As inscrições poderão ser feitas no site da banca do dia 03 de janeiro ao dia 01 de fevereiro de 2022. O valor da taxa de inscrição é de R$ 80,00 para Técnico e R$ 120,00 para Auditor.

As provas estão previstas para o dia 20 de março de 2022.

Confira agora as principais informações do concurso CGU
 
Principais informações sobre o concurso CGU

Quais as carreiras e atribuições?

Confira as atividades atribuídas aos cargos ofertados:

Técnico de Finanças e Controle
 
Atividades de nível intermediário, de apoio técnico administrativo, relativas às competências regimentais da Coordenadoria-Geral da União.
 
Analista de Finanças e Controle
 
Atividades de Nível Superior, de complexidade e responsabilidade elevadas, compreendendo supervisão, coordenação, direção e execução de trabalhos especializados sobre gestão orçamentária, financeira e patrimonial, análise contábil, auditoria contábil e de programas;
Assessoramento especializado em todos os níveis funcionais do Sistema de Controle Interno;
Orientação e supervisão de auxiliares;
Análise, pesquisa e perícia dos atos e fatos da administração orçamentária, financeira e patrimonial;
Interpretação da legislação econômico–fiscal, financeira, de pessoal e trabalhista;
Supervisão, coordenação e execução dos trabalhos referentes à programação financeira anual e plurianual da União e de acompanhamento e avaliação dos recursos alcançados pelos gestores públicos;
Modernização e informatização da administração financeira do Governo Federal. Atuar no aprimoramento e fortalecimento das ações correcionais no Poder Executivo Federal;
Acompanhar o andamento dos processos administrativos disciplinares em órgãos ou entidades da Administração Pública Federal;
Zelar pela integral fiscalização do patrimônio público;
Proceder ao andamento das representações e denúncias recebidas pela Controladoria–Geral da União, como objetivo de combater condutas e práticas referentes à lesão ou ameaça de lesão ao patrimônio público.

Quantas são as vagas?
 
Estão sendo ofertadas 375 vagas: 300 para o cargo de Auditor Federal de Finanças e Controle e 75 para o cargo de Técnico Federal de Finanças e Controle.


Qual o salário?

O salário inicial do Técnico de Finanças e Controle é de R$ 7.283,31.

Já o cargo de Analista de Finanças e Controle tem um salário inicial de R$ 19.197,06.

Quais os benefícios?
 
Os aprovados no concurso CGU também têm direitos a alguns benefícios: São eles:

Evolução salarial: O Técnico de Finanças e Controle do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle (MTFC), conta com evolução salarial e reajustes de seus vencimentos e de seus benefícios, podendo chegar a R$9.000,00, conforme últimos concursos para o órgão.
Estabilidade no emprego: A carreira de servidor público oferece estabilidade no emprego, sendo especialmente interessante para aqueles que desejam uma carreira nos cargos de Técnico de Finanças e Controle do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle (MTFC).
Auxílios diversos: O Técnico de Finanças e Controle também conta com auxílios especiais, como o auxílio alimentação e o auxílio creche, para aqueles que possuem filhos pequenos ou em idade escolar, sendo que os valores já estão inclusos no valor de salário divulgado no último edital.
 
Qual a lotação?
 
Os aprovados no concurso CGU serão lotados prioritariamente em Brasília (DF).

Qual a jornada de trabalho?

A jornada de trabalho dos aprovados no concurso CGU é de 40 horas semanais.

Quais as etapas?
 
Os candidatos serão avaliados através de Prova Objetiva e Prova Discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório.

Quais as provas?
 
As provas serão compostas pelas seguintes matérias / disciplinas:

Prova Objetiva
 
Conhecimentos básicos para todos os cargos
Conhecimentos específicos para todos os cargos
Conhecimentos específicos de acordo com o cargo pretendido
Prova Discursiva
 
A Prova Discursiva será constituída de:

  • Técnico Federal de Finanças e Controle (TFFC): uma redação de até 30 (trinta) linhas sobre algum tema da atualidade, totalizando 30 (trinta) pontos;
  • Auditor Federal de Finanças e Controle (AFFC): 1 (uma) dissertação, de até 90 (noventa) linhas, valendo 50 (cinquenta) pontos, e 1 (uma) questão, de até 15 (quinze) linhas, valendo 20 (vinte) pontos, sendo que ambas versarão sobre temas relacionados a Administração Pública, Direito Constitucional, Direito Administrativo ou Administração Financeira e Orçamentária, totalizando 70 (setenta) pontos.
 
Acesse o edital completo do concurso:


Quais as chances de crescimento na carreira?
 
Os aprovados no concurso CGU poderão se desenvolver na carreira em classes (A, B C e Especial) e padrões (I, II, III e IV).

Essa movimentação ocorre por meio de:

Promoção: mudança do servidor do último padrão de uma classe para o primeiro padrão da classe imediatamente superior.
Progressão funcional: mudança do servidor do padrão em que se encontra para o imediatamente superior dentro de uma mesma classe.

A promoção ou progressão funcional do servidor ocorrem exclusivamente em consequência do seu desempenho. A avaliação de desempenho individual é o acompanhamento sistemático da performance do servidor o desempenho das funções inerentes ao cargo que ocupa.

Como foi a concorrência dos últimos Concursos CGU?

Em 2008 foi realizado um concurso CGU, sob supervisão da Escola de Administração Fazendária (ESAF), com um total de 400 vagas: 180  para Técnico de Finanças e Controle e 220 para Analista de Finanças e Controle.

Já em 2012 houve um concurso com vagas apenas para o Analista, também organizado pela ESAF. Na ocasião, foram ofertas 250 vagas, nas seguintes áreas de atuação:
  • Administrativa;
  • Correição;
  • Comunicação Social;
  • Auditoria e Fiscalização (Infraestrutura ou Geral);
  • Tecnologia da Informação (Sistemas ou Infraestrutura);
  • Prevenção e Ouvidoria.
  • Para esta seleção foram recebidas mais de 20 mil inscrições, mas o índice de abstenção chegou a 37%.
Qual a banca organizadora?
 
A responsável pelo concurso é a FGV – Fundação Getúlio Vargas.

Antes de mais nada, conhecer o perfil da banca é essencial para que você consiga sair na frente dos concorrentes.

Com informações do site: Próximos concursos