segunda-feira, 3 de janeiro de 2022

Auxílio emergencial 2022 já tem data? Veja as regras para receber


 

Foto: Reprodução
O pagamento não se trata de uma prorrogação, e sim da liberação de um valor retroativo que é destinado apenas às famílias que são chefiadas por pais solteiros que vivem em situação de vulnerabilidade social. 

O direito dos homens chefes de família de receber a mesma quantia foi reconhecido após o Congresso derrubar o veto do Presidente da República. Então, confira a seguir como receber esse pagamento.

Quando vai ser pago o Auxílio emergencial 2022?

O presidente Jair Bolsonaro já assinou a Medida Provisória que garante mais de R$ 4 bilhões para o pagamento do Auxílio Emergencial 2022 para pais solteiros. No entanto, o governo ainda não divulgou o calendário oficial com as datas dos repasses.

Por conta disso, se espera que o dinheiro seja liberado durante o mês de janeiro para todos os pais chefes de família que são aptos ao pagamento. A previsão inicial era de que o grupo de beneficiários seria dividido em dois para organizar os pagamentos.

Desta forma, seria dada prioridade para as pessoas que ficaram sem receber ajuda financeira do governo com o fim do auxílio emergencial e não estão no programa Auxílio Brasil que teve início em novembro. 

Para esses beneficiários o pagamento iria acontecer ainda em dezembro, no entanto, até o momento o dinheiro não foi depositado. Os demais beneficiários que têm direito ao auxílio emergencial 2022 receberiam a parcela do auxílio emergencial apenas em 2022. 

O que se sabe até o momento é que o dinheiro será pago em cota única e o Ministério da Cidadania ficará responsável pelos repasses à Caixa Econômica Federal que, por sua vez, será a gestora assim como nas parcelas anteriores. 

Regras para receber o auxílio emergencial 2022

O benefício será liberado apenas para aqueles que, em 2020, receberam a cota simples do auxílio enquanto as mães solteiras tiveram o acesso ao dobro do pagamento no valor de R$ 1.200 mensal.

Conforme as regras desse pagamento, nem todos os homens chefes de famílias terão acesso ao novo pagamento. Existem requisitos que devem ser observados, dentre eles, estão:

não ter cônjuge;
ter pelo menos um filho menor de 18 anos;
ter recebido a cota simples do auxílio emergencial em 2020 no valor de R$600;
não ter outro membro familiar que tenha recebido a cota dupla no valor de R$ 1.200 em 2020.
É necessário ainda que o chefe de família monoparental tenha se inscrito no auxílio brasil em 2020 através dos canais digitais como o aplicativo/site da Caixa Econômica Federal (grupo chamado de ‘Extracard).

Neste caso, será verificado se o cidadão foi impedido de marcar a opção “chefe de família” durante o cadastro para receber o auxílio emergencial. O pagamento também será feito para aqueles que tenham se cadastrado no CadÚnico (Cadastro Único para programas sociais) até  2 de abril de 2020. 

Vale ressaltar que o governo não vai abrir um novo período de cadastros para liberar o auxílio emergencial 2022 para homens chefes de família que ficaram de fora do programa, assim, quem tinha esperanças de receber o pagamento no próximo ano não será incluído nesse pagamento.

É importante lembrar que o calendário desse benefício terminou no mês de outubro e, em dezembro ainda foi realizado um pagamento extra para 11.279 de pessoas. Esses cidadãos fizeram a contestação após ter o benefício bloqueado nos meses anteriores, mesmo tendo direito de receber o pagamento.

Com o fim desse benefício o governo deu início ao pagamento do Auxílio Brasil que a partir desse mês passou a garantir a média de R$400 mensal para quem fazia parte do Bolsa Família. A promessa do governo é de que as pessoas inscritas no CadÚnico (cadastro Único) também serão incluídas no novo programa em 2022. 

No entanto, a ampliação do Auxílio Brasil não alcançará todas as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social, portanto, levantamentos apontam que pelo menos 29 milhões de pessoas estejam sem receber a ajuda do governo com o auxílio emergencial.

Quanto vou receber na nova parcela?

O valor do auxílio emergencial 2022 varia para cada pai solteiro. Isso porque é preciso saber quantas parcelas de R$ 600 o representante da família recebeu em 2020. Como a Caixa Econômica Federal realizou cinco depósitos para os beneficiários no ano passado, o novo pagamento pode chegar à R$ 3 mil.

Essa informação vai ser disponibilizada através do site da Dataprev, onde os cidadãos também podem verificar se estão entre os pais solteiros que receberão o auxílio emergencial 2022.

Para isso, acesse o site e informe o CPF do titular do benefício; nome completo; nome da mãe e data de nascimento. Depois, é só clicar no botão “Sou humano” e “enviar” para confirmar se o pagamento foi aprovado. 

Assim que o calendário for divulgado, o dinheiro será depositado na conta poupança social digital  e os beneficiários poderão movimentar a quantia através do aplicativo Caixa Tem.


É possível acumular o Auxílio Brasil e a nova parcela do Auxílio Emergencial?

Sim. Isso é possível, visto que o pagamento do auxílio emergencial 2022 para os pais solteiros se dará como um benefício retroativo. Portanto, uma mesma pessoa poderá receber a quantia de R$400 e contar com o benefício de R$ 600 se for considerado apto aos dois benefícios.

Existe a expectativa por parte dos beneficiários de que o pagamento do auxílio emergencial 2022 seja feito em conjunto com o Auxílio Brasil, conforme o calendário regular do programa que se inicia no dia 18 de janeiro. No entanto, isso ainda não foi confirmado oficialmente.

Com informações do site: DCI