sexta-feira, 17 de dezembro de 2021

Polícia Federal prende homem que fraudava o auxílio emergencial


 
Foto: Reprodução
A prisão ocorreu na manhã desta quarta-feira (15/12), na zona rural daquele município, quando a PF cumpriu mandado de busca e apreensão.

As investigações tiveram início a partir de uma denúncia feita pela Caixa Econômica Federal. O suspeito utilizava três identidades e estaria recebendo o auxílio indevidamente por meio dos nomes falsos.

Publicidade
Nas apurações, a PF descobriu que o suspeito tinha quatro carteiras de identidade e CPF's. Um dos documentos estava com o nome correto do suspeito, o que acabou facilitando a investigação.

Apurou-se, ainda, o registro de quatro empresas com a utilização dos nomes falsos utilizados pelo suspeito e que ele já esteve preso em razão de associação criminosa pelo tráfico de drogas na região de Manhuaçu.

A Justiça Federal, subseção judiciária de Manhuaçu, determinou o bloqueio judicial de ativos financeiros registrados no nome verdadeiro e nos nomes falsos do investigado, que responderá pelos crimes de uso de documentos falsos e estelionato contra a União, com penas de reclusão que podem chegar, respectivamente, a cinco e seis anos e oito meses, além de multa.

Com informações do site: msn