sábado, 4 de dezembro de 2021

Bolsa Família vai ter vaga para 1 a cada 3 usuários do Auxílio Emergencial


 
Foto: Reprodução

O Governo Federal concluiu oficialmente os pagamentos de dois dos seus maiores programas sociais. Tanto o Bolsa Família como o Auxílio Emergencial chegaram ao fim exatamente há um mês. No lugar dos dois, está funcionando apenas um benefício que está atendendo bem menos gente.

Estamos falando do Auxílio Brasil. Esse projeto começou a fazer os seus pagamentos ainda no último dia 17 deste mês. De acordo com o Ministério da Cidadania, neste primeiro momento, apenas os usuários que estavam no antigo Bolsa Família é que estão conseguindo entrar no programa.

Então ninguém além desses 14,5 milhões de brasileiros está tendo a permissão de receber o benefício atual. No entanto, o Governo Federal vem garantindo que vai conseguir inserir mais pessoas. A ideia, de acordo com eles, é abrir pelo menos mais 2,4 milhões de vagas já a partir do próximo mês de dezembro.

Aí fica a questão: quantos usuários que estavam recebendo o Auxílio Emergencial poderão entrar? Poucos. Independente de qualquer coisa, é isso o que se sabe até aqui. Neste momento, a expectativa do próprio Governo Federal é que apenas um a cada três usuários do antigo benefício ganhe o direito de fazer parte do programa.

Isso vai acontecer porque o orçamento do Planalto não vai ter vaga para todo mundo. Isso mesmo considerando um cenário de aprovação da PEC dos Precatórios. Então o que dá para adiantar é que nem todo mundo vai conseguir entrar no benefício atual do Governo. E isso está preocupando muita gente neste momento.

O que eu faço para entrar no Auxílio Brasil?
Neste momento, não há muito o que se fazer para as pessoas que querem entrar no Auxílio Brasil. Isso porque o Governo Federal não lançou nenhum tipo de nova inscrição para esses indivíduos. Pelo menos não até este momento.

importante mesmo é prestar atenção nos dados do Cadúnico. Quem não tem essa inscrição, precisa fazer. E quem está com informações antigas, precisa atualizar o quanto antes. Essa lista é a porta de entrada para o programa.

Com os dados do Cadúnico atualizados, não há mais nada o que fazer a não ser esperar. Neste momento, o Governo Federal ainda não sabe se vai conseguir atender mais gente no programa social em dezembro.

Quando novas vagas serão abertas?
Falando no último mês do ano, ele provavelmente vai ser decisivo para o Auxílio Brasil. É que a partir de dezembro, nós vamos ter uma ideia mais concreta de como esse programa social vai funcionar nos próximos meses.

Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, o Auxílio Brasil está fazendo pagamentos para cerca de 14,5 milhões de pessoas. São brasileiros que receberam em novembro repasses médios de R$ 220.

O plano do Governo Federal é mudar isso a partir de dezembro. Eles querem aumentar o número de usuários para 17 milhões. Além disso, eles querem também elevar o patamar de pagamentos para um mínimo de R$ 400 por pessoa.


Com informações do site:  noticiasconcursos