sábado, 20 de novembro de 2021

Trabalhador terá direito a sacar dinheiro extra na Caixa. Veja se você tem direito


 
Foto: Reprodução
Cerca de R$ 22 milhões não foram sacados pelos trabalhadores na Caixa, e o dinheiro segue a disposição para resgate. Em suma, muitos trabalhadores, que trabalharam com carteira assinada nos anos de 1971 e 1988, ainda não sacaram as cotas do PIS/Pasep. Ademais, quem ainda não sacou o valor, tem até maio de 2025, para retirar o dinheiro. Depois dessa data, os valores retornam aos cofres da União de forma definitiva.

Trabalhador tem direito a saque do Pis/Pasep na Caixa
O governo extinguiu as cotas do PIS/Pasep e transferiu os recursos para o FGTS. Dessa forma, para o trabalhador resgatar os valores, vai ter que ir para uma agência da Caixa, e apresentar um documento oficial com foto.

No caso do trabalhador já falecido, o herdeiro pode sacar o dinheiro. Neste caso, vai ser necessário levar a certidão de óbito do titular, além do comprovante do vínculo de dependência.
 
O cidadão deve ficar atento a um detalhes: as cotas do PIS/Pasep se diferem do abono salarial. Ele é repassado todos os anos aos trabalhadores que atuaram com carteira assinada nos 12 meses anteriores. Quem desejar saber se tem direito às cotas do Pis/Pasep, precisa acessar o app Caixa Trabalhador, e consultar o seu saldo.

Saque de rendimentos
Você pode receber os rendimentos por meio de um crédito em conta, quando o trabalhador tem uma conta individual na Caixa, com saldo positivo e movimentação nos últimso meses. Ou ainda, nos caixas eletrônicos da Caixa, Correspondente Caixa Aqui, e Loterias, usando o cartão do cidadão. Por fim, o trabalhador pode sacar em uma agência da caixa.

Com informações do site: SEU CRÉDITO DIGITAL