quarta-feira, 24 de novembro de 2021

Saiba como verificar se o CPF está sendo utilizado por outras pessoas


 
Foto: Reprodução
O Cadastro de Pessoa Física (CPF) é a base para registros no Brasil, sejam eles junto ao governo ou em empresas privadas. É por meio dele, por exemplo, que o cidadão pode ter acesso a empréstimos e negociações. Muitas vezes, no entanto, fraudes são realizadas com esse documento. Por isso, é importante verificar se o seu CPF está sendo usado por outras pessoas.

Verificar o CPF com o Registrato do Banco Central
A plataforma Registrato foi criada pelo Banco Central e é onde reúne os dados bancários no Brasil. Por meio dele, é possível consultar informações sobre contas, movimentações e dívidas a partir do CPF.

No site do Registrato, você terá acesso a:

Conta de banco abertas no seu CPF em todos os bancos do país;
Dívidas ativas;
Dívidas quitadas;
Remessas de dinheiro para outros países;
Movimentações em geral.
A verificação do CPF na plataforma Registrato, do Banco Central, exige que o interessado tenha conta no gov.com.

Verificar o CPF na Serasa
Outra maneira de verificar a situação do seu CPF é no site da Serasa. Além disso, no endereço eletrônico anterior, você pode habilitar a ferramenta desenvolvida pela própria Serasa, denominada de Serasa Antifraude, que mandará notificações em algumas situações:

Caso haja consulta no seu CPF no momento em que uma compra for feita;
Quando o nome for verificado na realização de um empréstimo;
Quando o CPF for utilizado para abrir uma nova empresa;
Quando seu nome for encaminhado para ser negativado;
Caso o CPF seja negativado;
Caso seu CPF seja retirado da lista de inadimplência.
A ferramenta faz verificações 24 horas por dia, de forma constante e totalmente gratuita.

Proteja o seu CPF
Principalmente em época de transações financeiras via internet, é importante atenção redobrada com o seu CPF. A seguir, listamos algumas dicas para proteger o seu nome de fraudes:

Não utilize o CPF com chave do Pix (escolha outras opções, como a chave aleatória);
Não compartilhe o CPF em suas redes sociais ou mande mensagens com o número;
Atenção aos sites em que digita o seu CPF, lembre de verificar se são seguros;
Não informe o número para pessoas desconhecidas.

Com informações do site: CB