sexta-feira, 12 de novembro de 2021

Programa oferece cursos gratuitos de tecnologia adaptados para pessoas com deficiência


 
Foto: Reprodução

Instituto Desenvolvimento Estratégia e Conhecimento (Idesco) está ofertando cursos a distância voltados para a área da tecnologia. Ao todo, estão abertas mil vagas gratuitas em 20 cursos online. Segundo a organização, a prioridade na ocupação das vagas é de pessoas com deficiência (PcD). As inscrições no Programa Gratuito de Qualificação Acessível Profissional podem ser realizadas até o dia 15 de novembro, no site leadfortaleza.com.br/dal/

Também podem se inscrever os familiares de PcDs, cadastrados no Programa Mais Infância Ceará, e pessoas em situação de vulnerabilidade social. As seleções ocorrem periodicamente e são abertas para residentes do Ceará. A formação prevê horários de estudo flexíveis e acompanhamento por tutores a distância, em turmas que possuem pessoas com deficiência.

Os cursos são realizados em parceria com a Dell, empresa multinacional de tecnologia. Nos cursos de idiomas e de tecnologia (Machine Learning, Programação, Visualização de Dados, entre outros), os vídeos e imagens são publicados com audiodescrição. Além disso, o teclado virtual permite que estudantes com paralisia motora também utilizem a plataforma.

Há ainda outros recursos, como alertas sonoros, comando de voz, teclado virtual, redimensionamento de fonte, alto contraste. A plataforma virtual também dispõe de acompanhamento de intérpretes de Libras para as pessoas com deficiência auditiva e surdos usuários da Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Programa de Qualificação Acessível
O Instituto Desenvolvimento Estratégia e Conhecimento (Idesco) foi criado em Fortaleza, em 2003. É um dos parceiros do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação Dell (Lead) em projetos de tecnologia assistiva. Também integram o projeto a Universidade Estadual do Ceará (Uece) e a Secretaria da Saúde. Todo o conteúdo é transmitido através da plataforma DAL (Dell Accessible Learning).

Com informações do site: O Povo