terça-feira, 16 de novembro de 2021

INSS confirma pagamento de novo benefício de R$ 1.100 na próxima semana


 
Foto: Reprodução

Os aposentados, pensionistas e demais segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber a partir de quarta-feira da semana que vem, 24 de novembro, o pagamento do salário do benefício mensal para todos aqueles que ganham o piso nacional de R$ 1.100.

O benefício mensal dos segurados do INSS é dividido em dois grupos, sendo o primeiro deles a ser liberado o de segurados que recebem um salário-mínimo e posteriormente o pagamento do benefício daqueles que recebem valor superior a um salário.

Pagamentos do INSS
O pagamento dos benefícios do INSS são definidos conforme o número final do benefício, sem considerar o digito. Por exemplo, se o número do benefício é 123.456.789-0, desconsidere o 0 (dígito). O número final é 9.

No calendário de pagamentos definido pelo INSS recebem primeiro os segurados que ganham um salário mínimo. Já os segurados que recebem mais que R$ 1.100 mesmo que poucos reais vão receber posteriormente o início do primeiro calendário.

Calendário de pagamentos para quem ganha R$ 1.100:

Benefício Final 1 – Recebe dia 24 de novembro;
Benefício Final 2 – Recebe dia 25 de novembro;
Benefício Final 3 – Recebe dia 26 de novembro;
Benefício Final 4 – Recebe dia 29 de novembro;
Benefício Final 5 – Recebe dia 30 de novembro;
Benefício Final 6 – Recebe dia 1 de dezembro;
Benefício Final 7 – Recebe dia 2 de dezembro;
Benefício Final 8 – Recebe dia 3 de dezembro;
Benefício Final 9 – Recebe dia 6 de dezembro;
Benefício Final 0 – Recebe dia 7 de dezembro.
Calendário de pagamentos para quem ganha acima de um salário:

Benefício Final 1 e 6 – Recebe dia 1 de dezembro;
Benefício Final 2 e 7 – Recebe dia 2 de dezembro;
Benefício Final 3 e 8 – Recebe dia 3 de dezembro;
Benefício Final 4 e 9 – Recebe dia 6 de dezembro;
Benefício Final 5 e 0 – Recebe dia 7 de dezembro.
Segurados que recebem nesse calendário
O calendário de pagamentos liberado é destinado a todos os segurados do INSS que recebem os seguintes benefícios:

Aposentadoria por invalidez;
Aposentadoria por idade;
Aposentadoria por tempo de contribuição;
Auxílio-doença;
Auxílio-acidente;
Salário maternidade (pago pelo INSS);
Salário Família (pago pelo INSS).
O cronograma de pagamentos também é destinado aos idosos com 65 anos ou mais, assim como para os beneficiários que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada) do LOAS (Lei Orgânica da Assistência Social).

 Extrato de Pagamento de Benefício do INSS
Os segurados do INSS podem emitir o extrato de pagamento de benefício do INSS para utilização como comprovante de recebimento, assim como para verificar por meio do extrato quais valores estão sendo descontados do benefício que a pessoa recebe. O documento traz os valores, a data e o banco onde o benefício foi depositado.

O segurado tem duas formas de solicitar o Extrato, podendo ser pela internet ou pelas agências do INSS, veja:

Solicitação direto pela internet:

Acesse o Portal do Meu INSS – Selecione a opção “login” no canto superior direito da tela e realize seu cadastro no Meu INSS.
Caso seja seu primeiro acesso, faça seu cadastro, clicando no botão “login”, em seguida selecione a opção “Cadastre-se”, e crie sua senha com, no mínimo, 9 caracteres, pelo menos uma letra maiúscula, uma letra minúscula e um número.
Ao acessar o sistema com sua senha, escolha a opção “Extrato de Pagamento de Benefício”, do lado esquerdo da página, e emita o documento.
Solicitação em uma unidade do INSS (requer agendamento)

Acesse o Portal do Meu INSS – Informe seus dados, clique em “não sou um robô” e depois em “continuar sem login”.
Clique em “Novo requerimento”, digite no campo “pesquisar” a palavra “pagamento” e selecione o serviço desejado.
Compareça à unidade do INSS, no dia e hora marcados, com os documentos necessários.
Documentos originais necessários

Procuração ou termo de representação legal, documento de identificação com foto e CPF do procurador ou representante, se houver;
Documento pessoal do interessado com foto.

Com informações do site: Jornal Contabil