quinta-feira, 18 de novembro de 2021

Guia para começar a investir com pouco dinheiro e com segurança


 
Foto: Reprodução
O mundo dos investimentos está cada vez mais democrático e acessível. Por conta disso, está se tornando comum pessoas de diversas classes sociais investirem. Se você ainda pensa que investir não é para você, confira algumas dicas de especiais para começar a investir com pouco dinheiro e com segurança.

Dicas para começar a investir
Comece
Para quem tem medo de se iniciar no mundo dos investimentos, a primeira dica é: comece! Esta dica é óbvia, porém o pontapé inicial é essencial para se familiarizar e passar a ter confiança no mundo dos investimentos. Ultimamente as pessoas estão mais abertas e confiantes com este universo.

Invista pouco no início
Comece com pouco e vá investindo mais com o tempo, porém, o primeiro passo pode ser pequeno. Para sentir mais segurança, separe uma quantia em dinheiro que não fará falta e invista através de sua corretora.
Abra uma conta

Para começar a investir, é preciso abrir conta em uma corretora de valores. Estas contas na maioria das corretoras são gratuitas e não possuem taxa de manutenção. Com isso, você pode abrir uma conta em mais de uma corretora para conferir qual delas é a melhor pra você.

Onde encontrar opções de investimento?

Confira algumas dicas de onde encontrar investimentos, mesmo para investidores iniciantes e até para os mais experientes.

A corretora Toro possui uma forma de investir em ações sem a necessidade do home broker, que muitas vezes acaba complicando a vida de quem ainda não está acostumado com a Bolsa, além de não cobrar taxa de corretagem na compra e venda de ações.
Existem investimentos de renda fixa alternativos, tais como os CCBs da MatchMoney, com selo de segurança da ABFintechs e rendimentos que chegam a bater seis vezes mais que o Tesouro Selic.
Para encontrar títulos de renda fixa com os melhores retornos, o App Renda Fixa é uma opção que apresenta todas as opções de investimentos disponíveis em todas as corretoras. Você deve informar apenas quanto quer investir e por quanto tempo.
Se você procura um seguro de vida, é necessário conversar com um corretor para ele entender o que você quer proteger e fazer simulações. Um opção é a seguradora MetLife.

Três tipos de investimentos para quem está começando 
CDBs (Certificados de Depósitos Bancários) 
Os CDBs são títulos emitidos por instituições financeiras como os bancos e seu rendimento é de acordo com um percentual do CDI.

Já o CDI é um título de curto prazo que é emitido pelos bancos e segue a taxa Selic de perto. 

Por conta disso, os CDBs são uma ótima escolha para este momento, uma vez que a Selic está em 7,75% a.a. Outro ponto importante que deve ser analisado é em quanto está fixado o rendimento do CDI, pois elas mudam de banco para banco.

É fácil encontrar CDBs que rendem de 90% a 200% do CDI no mercado. Por conta disso, é preciso estar sempre atento e estudar bastante os locais que você deseja  aplicar o dinheiro.

Tesouro Direto 

Este é um tipo de investimento é uma excelente opção para quem não dispõe de muito dinheiro. Se você tiver cerca de R$30, já consegue investir em títulos púbicos federais.

O Tesouro Direto trabalha neste momento com três opções de títulos: Prefixados, Tesouro Selic e o Tesouro IPCA. Para os iniciantes, a recomendação é o Tesouro Selic, pois é um tipo de investimento indexado à Selic.

LCI e LCA

As Letras de Crédito Imobiliário e do Agronegócio tem um funcionamento parecido com o CDB. Elas são uma ótima escolha pois diferente dos já citados Tesouro Direto e Fundos DI, o LCI e LCA não são taxados de Imposto de Renda e de IOF.

Com informações do site: FDR