domingo, 28 de novembro de 2021

Concurso Telebrás: publicado edital para 1.181 vagas, em diversos cargos


 
Foto: Reprodução

O edital do novo concurso Telebrás (Telecomunicações Brasileiras), vinculado ao Ministério das Comunicações, acaba de ser publicado, no diário oficial da União desta sexta-feira, 26 de novembro. A seleção conta com uma oferta de 1.181 vagas, sendo nove para preenchimento imediato e 1.172 cadastros reserva de pessoal. As oportunidades são para quem possui ensino médio e nível superior, com remunerações iniciais, respectivamente, de R$ 3.305,23 e R$ 8.766,57, todos com jornada de trabalho de 40 horas semanais. As inscrições serão recebidas no período de 7 a 27 de dezembro. 

A lotação das vagas será no Rio de Janeiro e Distrito Federal

No caso de ensino médio, os cargos serão os seguintes:

CARGO 16: TÉCNICO EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ASSISTENTE ADMINISTRATIVO
REQUISITO: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

CARGO 17: TÉCNICO EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ASSISTENTE TÉCNICO
REQUISITOS: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio de curso técnico em Telecomunicacões, Eletrônica ou Eletrotécnica, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Para quem possui formação de nível superior:

2.1.1 DESCRIÇÃO SUMÁRIA PARA TODOS OS CARGOS DE ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES: executar, elaborar, organizar, controlar, assessorar, orientar, supervisionar e coordenar as atividades técnicas e administrativas visando atender às necessidades da Telebras.

CARGO 1: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ADVOGADO
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

CARGO 2: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI)
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Processamento de Dados, Sistemas de Informação, Informática, Engenharia da Computação, Engenharia de Sistemas, Engenharia de Redes ou outro curso superior completo, em nível de graduação, concluído na área de Tecnologia da Informação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho de Classe, se for o caso.

CARGO 3: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ANALISTA SUPERIOR - SUBATIVIDADE: ADMINISTRATIVO
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Administração, Psicologia, Gestão de Recursos Humanos, Pedagogia, Arquivologia, Biblioteconomia, Economia, Contabilidade, Engenharia, Comunicação Social, Estatística, Marketing, ou áreas correlatas, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe, se for o caso.

CARGO 4: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ANALISTA SUPERIOR - SUBATIVIDADE: AUDITORIA
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Administração, Contabilidade, Economia, Direito ou Engenharia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe, se for o caso.

CARGO 5: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ANALISTA SUPERIOR - SUBATIVIDADE: COMERCIAL
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe, se for o caso.

CARGO 6: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ANALISTA SUPERIOR - SUBATIVIDADE: ESTATÍSTICA
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Estatística, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe.

CARGO 7: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ANALISTA SUPERIOR - SUBATIVIDADE: FINANÇAS
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Administração, Contabilidade, Economia, Estatística, Engenharia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe, se for o caso.

CARGO 8: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ANALISTA SUPERIOR - SUBATIVIDADE: MARKETING
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Comunicação Social, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas, Jornalismo, Marketing, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe, se for o caso.

CARGO 9: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ANALISTA SUPERIOR - SUBATIVIDADE: PSICOLOGIA
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Psicologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe.

CARGO 10: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: CONTADOR
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Contabilidade, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC).

CARGO 11: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ENGENHEIRO - SUBATIVIDADE: AEROESPACIAL
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia Aeroespacial, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe específico.

CARGO 12: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ENGENHEIRO - SUBATIVIDADE: CIVIL
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia Civil, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe específico.

CARGO 13: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ENGENHEIRO - SUBATIVIDADE: ELETRICISTA OU ELETRÔNICO
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia Elétrica, Engenharia Mecatrônica ou Engenharia Eletrônica, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe específico.

CARGO 14: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ENGENHEIRO - SUBATIVIDADE: REDES
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia de Redes de Comunicação, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia de Computação ou Engenharia Elétrica, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe específico.

CARGO 15: ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES - OCUPAÇÃO: ENGENHEIRO - SUBATIVIDADE: TELECOMUNICAÇÕES
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia de Telecomunicações, Engenharia de Redes de Comunicação ou Engenharia Elétrica, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe específico.

Concurso Telebrás: veja distribuição das vagas por cargos e locais
 

Cargo/Ocupação/Subatividade UF Vagas CR
  Ampla concorrência PP
Cargo 1: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Advogado DF - 75
Cargo 2: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Analista de Tecnologia da Informação (TI) DF - 75
Cargo 3: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Analista Superior - Subatividade: Administrativo DF 1 75
Cargo 4: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Analista Superior - Subatividade: Auditoria DF 1 15
Cargo 5: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Analista Superior - Subatividade: Comercial DF 1 90
Cargo 6: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Analista Superior - Subatividade: Estatística DF - 20
Cargo 7: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Analista Superior - Subatividade: Finanças DF - 22
Cargo 8: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Analista Superior - Subatividade: Marketing DF - 22
Cargo 9: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Analista Superior - Subatividade: Psicologia DF - 22
Cargo 10: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Contador DF 1 38
Cargo 11: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Engenheiro - Subatividade: Aeroespacial DF - 22
Cargo 12: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Engenheiro - Subatividade: Civil DF - 44
Cargo 13: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Engenheiro - Subatividade: Eletricista ou Eletrônico DF - 75
Cargo 14: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Engenheiro - Subatividade: Redes DF 2 75
Cargo 15: Especialista em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Engenheiro - Subatividade: Telecomunicações DF 3 76
  RJ - 37
Cargo 16: Técnico em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Assistente Administrativo DF - 30
Cargo 17: Técnico em Gestão de Telecomunicações - Ocupação: Assistente Técnico DF - 30
  RJ - 30
Concurso Telebrás: saiba como se inscrever
As inscrições do concurso Telebrás poderão ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da banca organizadora do certame, que será o Cebraspe

As taxas serão de R$ 70 para os cargos com exigência de ensino médio e R$ 90 para nível superior. No primeiro dia, o atendimento poderá ser feito a partir das 10 horas, enquanto no último dia de inscrições, o acesso será permitido até às 18 horas.  O pagamento da taxa de inscrição poderá ser feito até o dia 20 de janeiro.

Concurso Telebrás: saiba como serão as provas
A aplicação das provas objetivas e discursiva do concurso Telebrás está marcada para ocorrer no dia 20 de fevereiro. Para as carreiras de nível superior, a seleção também contará com análise de títulos para a classificação final.

Para os cargos de nível superior, a duração das provas será de 4h30, com aplicação no período da manhã, enquanto para ensino médio serão de 3h30, no período da tarde.  

Para os cargos de ensino  médio, a seleção contará apenas com prova objetiva, com 120 questões, da seguinte forma:

conhecimentos básicos - 50
conhecimentos específicos - 70
Para nível superior :

conhecimentos básicos - 50
conhecimentos específicos - 70
Porém, além da prova objetiva haverá prova dissertativa de conhecimentos específicos, de caráter eliminatório e classificatório,  composta de um texto dissertativo de até 30 linhas.

Com informações do site: Jc Concurso