terça-feira, 9 de novembro de 2021

Concurso Bombeiros PI 2021: Vagas e etapas são confirmadas


 
Foto: Reprodução

É grande a expectativa de abertura do novo edital de concurso público do Corpo de Bombeiros Militar do Piauí (Concurso Bombeiros PI 2021/2022). Já se sabe que o projeto básico do certame está pronto. O documento é de extrema importância, uma vez que informa as vagas e etapas da seleção, que deve ser aberta ainda em 2021.

De acordo com o documento, serão oferecidas 60 vagas para o cargo de Soldado. O cargo tem requisito de nível médio completo. A corporação exige, ainda, idade mínima de 18 e máxima de 30 anos, no período de inscrição, carteira de habilitação a partir da categoria “B” e altura mínima de 1,60m (homens) e 1,55m (mulheres). Os salários ainda não foram revelados.

O concurso será regionalizado. O certame terá até cinco etapas, sendo elas: exames de conhecimentos (provas escritas); psicológico; de saúde; e de aptidão física; além da investigação social.

O Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) é uma forte candidata para organizar o edital.

No dia 1º de outubro, o Comando Geral da corporação solicitou o orçamento para a Fundação Universidade Estadual do Piauí (Uespi), responsável pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe). No último dia 14, a Universidade enviou ao Comando-Geral do Corpo de Bombeiros do Piauí sua proposta de orçamento para organização do concurso.

Agora, no fim de outubro, a proposta da banca foi aprovada. O termo de referência para a contratação do Nucepe foi aprovado e deve avançar nos próximos dias. A expectativa é de que seja anunciada oficialmente no Diário Oficial.

O Governador do Estado, Wellington Dias, anunciou a autorização do novo certame. A confirmação foi feita no dia 14 de setembro, durante uma visita à sede da corporação.

O edital dos Bombeiros-PI será divulgado para 60 vagas de soldados, de nível médio completo. O objetivo é a descentralização com o efetivo maior.

“Estamos anunciando a autorização de concurso para 60 vagas para, em 2022, já termos as condições do treinamento. O objetivo é a descentralização. Criamos um programa integrado com a rede de educação para formação, que garante o preparo estratégico para situações como essa que vivemos agora, de colaboração de brigadistas que já foram treinados para conter incêndios”, afirmou Wellington Dias.

Segundo informações do Governo do Estado, o edital está confirmado para ser publicado outubro. As provas estão previstas para serem aplicadas ainda em 2021.

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel José Rêgo, ressaltou a necessidade da complementação do efetivo.

“Temos um efetivo reduzido, mas de bravos guerreiros e o concurso é importante para essa complementação. Vamos trabalhar agora no edital, para que seja lançado daqui a 20 dias e faremos o possível para que aconteça ainda este ano”, frisou.

Necessidade de edital
A necessidade de abertura de um novo edital de concurso Bombeiros-PI é evidente. O ex-comandante da corporação, coronel Ronaldo Macedo, falou da necessidade de aumentar o efetivo.

De acordo com ele, o Corpo de Bombeiros-PI conta com um dos menores quadros do país. São cerca de 350 militares na ativa e um déficit de, aproximadamente, mil vagas.

“Precisamos de concurso, de efetivo. Hoje talvez sejamos o menor Corpo de Bombeiros do Brasil. Nosso efetivo hoje gira em torno de 350 militares. Temos 224 municípios e estamos presentes apenas em Parnaíba, Floriano, Picos e Teresina. Chegamos recentemente em Piripiri”, disse o coronel à TV Cidade Verde.

Último concurso Bombeiros PI
O último edital de concurso público dos Bombeiros-PI foi divulgado em setembro de 2017, quando foram abertas 110 vagas para o cargo de Soldado, sendo 100 para homens e 10 para mulheres. O salário foi de R$3.100.

Para concorrer a uma das vagas, o candidato precisou ter o nível médio completo, carteira de habilitação a partir da categoria “B”, idade entre 18 e 30 anos e altura mínima de 1,60m (homens) e 1,55m (mulheres). O Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) organizou o certame.

A prova objetiva contou com 60 questões, sendo elas de Língua Portuguesa, Matemática, Química, Física, Noções de Informática, Legislação Institucional e Noções de Direito, além de uma redação.

O concurso ainda contou com avaliação de saúde; teste de aptidão física (TAF); exame psicológico; e investigação social. Os aprovados foram convocados para o curso de formação.

Com informações do site: Noticias Concursos