quarta-feira, 17 de novembro de 2021

Aplicativo do Bolsa Família mostra quanto você vai ganhar no Auxílio Brasil


 
Foto: Reprodução
Diante da incerteza de milhões de brasileiros sobre o direito a receber o Auxílio Brasil, a Caixa Econômica Federal (CEF) decidiu criar alguns canais de atendimento para que os cidadãos possam fazer consultas a respeito. Além de uma plataforma digital disponível para Android e iOS, também foi criada uma linha telefônica pelo número 111.

A instituição financeira fará o papel de substituto do aplicativo do Bolsa Família. O aplicativo do Auxílio Brasil já está disponível para download desde a última sexta-feira, 12. Mas por hora, somente os usuários do sistema Android podem acessar a plataforma, que pode ser obtida por este link.

A partir desta quarta-feira, 17, 14,6 milhões de famílias vulneráveis passarão a receber o Auxílio Brasil. Este é o montante de cidadãos incluídos no Bolsa Família que receberam o auxílio emergencial até o mês de outubro. 

Essas pessoas serão automaticamente transferidas para o novo programa de transferência de renda sem que precisem se submeter a um processo seletivo. A expectativa é para que mais 2,4 milhões de famílias sejam incluídas no Auxílio Brasil a partir de dezembro.  

A intenção de atingir a meta de 17 milhões de famílias, além de zerar a fila de espera do Bolsa Família, tem o intuito de cumprir a promessa feita pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. O Auxílio Brasil reajustou em 17,84% o benefício pago pelo Bolsa Família, desta forma, pagará um valor inicial médio de R$ 217,18.

Contudo, a intenção de Bolsonaro é pagar parcelas fixas de R$ 400. Mas para chegar a essa quantia, será preciso obter a aprovação da PEC dos Precatórios. Através dessa medida, o Governo Federal seria capaz de conseguir a brecha necessária no orçamento para financiar o valor elevado e os beneficiários extras.  

Por hora, os beneficiários do Auxílio Brasil continuarão recebendo as parcelas com o cartão do antigo Bolsa Família, embora um novo cartão deve ser lançado ainda este ano. Contudo, a Caixa também irá liberar o pagamento do benefício através da conta poupança social digital gerenciada pelo aplicativo Caixa Tem.

Os valores também serão liberados no mesmo formato do Bolsa Família, ou seja, com base no dígito final do Número de Identificação Social (NIS) nos últimos dez dias úteis de cada mês. Veja o calendário a seguir:


Final do NIS Novembro Dezembro
1 17 de novembro 10 de dezembro
2 18 de novembro 13 de dezembro
3 19 de novembro 14 de dezembro
4 22 de novembro 15 de dezembro
5 23 de novembro 16 de dezembro
6 24 de novembro 17 de dezembro
7 25 de novembro 20 de dezembro
8 26 de novembro 21 de dezembro
9 29 de novembro 22 de dezembro
0 30 de novembro 23 de dezembro

Com informações do site: FDR