domingo, 24 de outubro de 2021

Salário Mínimo 2022: Novo valor será proposto após nova alta de inflação


 
Foto: Reprodução

Todos os anos, o Governo Federal eleva o valor do salário mínimo no fim de cada ano corrente para acompanhar as altas dos preços no país e evitar uma queda brusca do poder de compra dos brasileiros, principalmente dos aposentados, que têm reajuste dos benefícios de acordo com o mínimo vigente.

Com as altas frequentes no valor da energia elétrica e dos combustíveis no decorrer deste ano, um relatório emitido pelo Banco Central não descarta uma inflação acima de 10% no país até o fim de 2021.

O novo salário mínimo nacional sempre é definido em dezembro e começa a valer no dia 1º de janeiro do ano seguinte. O reajuste se dá pela correção do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Os brasileiros recebem o aumento do salário mínimo de janeiro somente a partir de 1º de fevereiro.

Atualmente, a expectativa do BC é de uma inflação de 8,5%, o que elevaria o salário mínimo para R$ 1.195,30. No entanto, com as seguidas altas dos combustíveis e sem previsão de queda no preço da energia, esse índice deve seguir em alta no fim do ano.

Salário Mínimo em 2022 pode passar de R$ 1.200
No entanto, o acumulado da inflação nos últimos 12 meses já é de 10,25%. Ou seja, caso a inflação não desacelere, o salário mínimo poderá ter acréscimo de R$ 112,75, o que elevaria o mínimo nacional para R$ 1.212,75.

O INPC oficial de 2021 só deve ser conhecido nos primeiros dias de janeiro, após divulgação do IBGE. Então aí, dependendo do índice final, o governo poderá ainda editar uma nova medida provisória para alterar novamente o valor.

Os demais pagamentos de benefícios do INSS, abono salarial e seguro-desemprego possuem o valor calculado de acordo com o salário mínimo vigente.

Mínimo subiu R$ 55 em 2021
Em 2021, o presidente Jair Bolsonaro elevou o mínimo para R$ 1.100,00, aumento de R$ 55 em relação a 2020. A alteração foi instituída por meio da Medida Provisória 1021/20. O valor foi atualizado três vezes pelo Governo - a estimativa inicial era de R$ 1.067,00, depois passou para R$ 1.088,00 e foi para R$ 1.100,00 no final do ano passado. Em 2020, o salário mínimo nacional era de R$ 1.045,00.

Para 2021, além do reajuste do mínimo nacional, foi alterado o valor mínimo diário que um empregado deve receber, R$ 36,67; e também o valor mínimo da hora de trabalho, fixado em R$ 5.

Mesmo com o novo valor, 5 estados (São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) têm mínimos próprios e faixas de pisos regionais, superiores ao valor nacional - veja sobre eles abaixo.

Também em janeiro o governo divulga o calendário de pagamentos de aposentados e pensionistas do INSS, que devem começam a receber o benefício reajustado a partir do dia 24 de janeiro de 2022.

Com informações do site: Noticias Concursos