sábado, 30 de outubro de 2021

PIS/PASEP: Como emitir extrato, sacar cotas esquecidas e ser incluso no abono


 
Foto: Reprodução
Os brasileiros que trabalham de carteira assinada em empresas privadas e públicas, possuem direito ao abono PIS/Pasep. Ambos são programas pelos quais as empresas e órgãos públicos depositam contribuições no fundo ligado aos seus empregados.

O PIS (Programa de Integração Social) é pago aos trabalhadores que atuam em empresas privadas, enquanto o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é destinado aos servidores públicos. 

Quais os requisitos para receber o abono salarial em 2022?

Para receber o abono salarial abono ano-base 2020  e 2021 é preciso cumprir alguns requisitos, são eles:

Possuir cadastro no PIS/PASEP por pelo menos cinco anos; 
Ter exercido atividade remunerada para Pessoa Jurídica, há menos 30 dias (consecutivos ou não) em 2020 e 2021; 
Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos ano passado; 
Possuir os dados informados pelo empregador corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)/eSocial.  

Como consultar o abono salarial?

Os trabalhadores podem acompanhar anualmente o seu abono através dos canais de comunicação da Caixa Econômica Federal, que disponibiliza seu portal e o aplicativo Caixa Trabalhador para que o cidadão confira seu PIS.
Para aqueles que recebem o PASEP, existe a possibilidade de acessar o site do Banco do Brasil. Quando o pagamento for liberado, o trabalhador pode ainda verificar o saldo no app da instituição.

Como emitir extrato do PIS/Pasep?

Acesse o site oficial da CEF e localize a opção “Benefícios e Programas”. 
O segundo passo é preencher as informações solicitadas: o Número de Identificação Social (NIS) e a senha de acesso.
Na terceira etapa, aparece um painel de consulta ao extrato do PIS ou do Pasep.


Como sacar a cota esquecida?

Aqueles que trabalharam em órgãos públicos entre os anos de 1971 até 1988 e não realizaram o resgate do benefício na época podem receber a cota esquecida.

Ao todo, cerca de R$23 bilhões estão parados no Tesouro esperando pelo resgate. Se os resgates não acontecerem, a quantia vai retornar aos cofres da União, sem poder realizar um novo resgate.

Vale lembrar que se o trabalhador com direito ao pagamento já tiver falecido, seus herdeiros têm direito de receber a quantia. 

Como sacar?

Os beneficiários que não possuem conta nos bancos, podem ir até um caixa eletrônico, com o cartão cidadão e a senha para sacar o dinheiro. Aqueles que não tem o cartão pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mas é preciso levar documento de identificação com foto, CPF e carteira de trabalho.  

Aqueles que possuem dúvida e querem saber se tem direito ao PIS, o trabalhador pode telefonar para a Caixa no 0800-726-02-07 ou acessar o site. Para a consulta, é necessário ter em mãos o número do NIS (PIS/Pasep).

Os servidores que recebem Pasep devem verificar se houve depósito em conta no Banco do Brasil. Caso isso não tenha ocorrido, basta procurar uma agência do BB para regularizar a situação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Aumento 2022

No próximo ano, o  salário mínimo terá um aumento de 8,4% ,passando dos R$ 1.100 para R$ 1.192. Com isso, os benefícios do abono salarial, devem sofrer alteração em seus valores.

No ano de 2020, o valor do reajuste foi menor que o esperado. Porém, não foi corrigido em 2021 levando em considerando a inflação do ano passado, o mínimo deveria ser R$ 2 maior neste ano.

Considerando o salário mínimo de 2022, o valor do abono salarial será de:

1 mês: R$ 99,33
2 meses: R$ 198,66
3 meses: R$ 298,00
4 meses: R$ 397,33
5 meses: R$ 496,33
6 meses: R$ 596,00
7 meses: R$ 695,33
8 meses: R$ 794,66
9 meses: R$ 894,00
10 meses: R$ 999,33
11 meses: R$ 1.092,66
12 meses: R$ 1.192,00

Mudanças

No próximo ano, serão realizadas mudanças no pagamento do abono salarial aos trabalhadores, já que o início será no primeiro semestre e não mais no segundo semestre como de costume. Assim, os pagamentos ocorreram entre janeiro a dezembro.

Com informações do site: FDR