sexta-feira, 15 de outubro de 2021

Petroleiros protestam contra privatizações e terceirização na Petrobras


 
Foto: Reprodução

Contra as privatizações em curso nas unidades do Sistema Petrobras e o avanço da terceirização na empresa, petroleiros do Paraná se manifestaram quarta (14), pela manhã, na Refinarias Presidente Getúlio Vargas (Repar-PR), em Araucária.

Na sexta-feira (15) é a vez dos petroleiros da Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), em São Mateus do Sul, se mobilizarem contra os impactos do desmonte e das terceirizações. A movimentação também ocorrerá no inicio do expediente.

Os dois atos foram convocados pela Federação Única dos Petroleiros (FUP) e pelo Sindipetro PR e SC, com participação de representantes de movimentos sociais, de outras categorias e da CUT Paraná. Por meio deles, os petroleiros pretendem denunciar e barrar a venda das refinarias e dos demais ativos que estão sendo entregues pelo governo Bolsonaro.

Segundo a FUP, as manifestações já foram realizadas na Refap (RS), na Reman (AM), na Refinaria Abreu e Lima (PE), na Replan (SP), na Recap (SP), na Regap (MG), em Mossoró (RN), na Rlam (BA) e na Reduc (RJ). No dia 29 de outubro, está previsto também um ato no COMPERJ, em Itaboraí (RJ). 

  "Não satisfeita em garantir lucros altos apenas para os acionistas da companhia e esquecer o papel social da Petrobras, a gestão da empresa continua a reduzir a quantidade de trabalhadores próprios e terceirizados. O resultado é a queda da massa salarial, da renda e também dos empregos, em um país com 15 milhões de desempregados", afirma o coordenador da FUP Deyvid Bacelar.

Com informações do site: Recanta aí