terça-feira, 26 de outubro de 2021

Mastercard vai oferecer serviços com criptomoedas para bancos da rede


 
Foto: Reprodução
A gigante de pagamentos Mastercard anunciou que vai oferecer serviços financeiros relacionados ao mercado de criptomoedas para a rede de empresas parceiras da companhia. A novidade é uma parceria com a Bakkt, uma plataforma de negociação de criptoativos. 

A iniciativa abrange milhares de bancos, operadores comerciais e empresas de tecnologia financeira (fintechs) que fazem parte da gigante de pagamentos. Com a Bakkt, as empresas terão a opção de implementar ferramentas de investimento cripto para seus usuários, por meio de carteiras de custódia. Isso permitiria ao cliente manter e negociar criptomoedas dentro de uma mesma rede das contas de débito e cartão de crédito, por exemplo.

De acordo com um comunicado da Mastercard, as novas soluções oferecidas incluem a capacidade de os consumidores comprarem, venderem e manterem ativos digitais por meio de carteiras de custódia com a Bakkt e emissão simplificada de cartões de débito e crédito com criptos.  

A Bakkt foi criada pela Intercontinental Exchange (ICE), empresa que também é responsável pela Bolsa de Valores de Nova York (NYSE). Entre os principais serviços da plataforma, estão os contratos de opções e futuros de bitcoin, além de serviços de custódia e outros. 

O movimento da Mastercard é uma resposta ao crescimento no número de consumidores ao redor do mundo que buscam ativos digitais como uma opção para compras diárias.  

Segundo a pesquisa Bakkt US Consumer Crypto Survey, com 2 mil consumidores dos Estados Unidos, quase metade (48%) dos entrevistados relatou comprar criptomoedas no primeiro semestre de 2021. Outros 32% dos que não o fizeram estão muito ou pouco interessados em fazê-lo antes do fim do ano.  

Com a adoção do mercado de criptomoedas por gigantes de pagamento como Visa e Mastercard, que somam bilhões de clientes e uma rede de lojistas global, o setor de ativos digitais ganha mais um impulso no mercado financeiro.

Com informações do site: FDR