quarta-feira, 27 de outubro de 2021

iFood, Dell e outras empresas oferecem cursos grátis e bolsas de estudo


 
Foto: Reprodução

Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), existe um déficit anual de 24 mil profissionais especializados no setor no Brasil. Entre janeiro e agosto deste ano, 81.220 novas vagas com carteira assinada foram oferecidas no país, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Poupay+
A fintech de gestão financeira exclusiva para mulheres Poupay+ criou a Jornada do Empreendedorismo Feminino. O objetivo é ajudar as empreendedoras a se prepararem para os negócios. Para isso, a empresa oferece 21h de conteúdo divididas em sete módulos com três aulas de uma hora de duração cada.

As aulas abordam tanto a teoria, com conceitos e princípios do empreendedorismo, quanto a prática. O material está no aplicativo da fintech, disponível para Android e iOS. Para participar, as interessadas devem se inscrever até 30 de outubro.

XP Inc. e Tera
A XP Inc. vai financiar 50 bolsas de estudos integrais no curso de Ciência de Dados da Tera para mulheres e pessoas negras. O objetivo da ação é aumentar a diversidade na área, em que 83% dos profissionais são homens com alto nível de escolaridade. A capacitação ocorre 100% online, tem duração prevista de até nove meses e, durante o processo, os estudantes participam de mentorias sobre movimentação de carreira, suporte na construção de portfólios e conexão com vagas em companhias parceiras.

O curso permite que os aprovados apliquem seus conhecimentos em desafios reais em grandes empresas do país. As aulas abordam desde análise e estruturação de dados até técnicas avançadas em aprendizado de máquina e desenvolvimento de competências em storytelling e visão de negócios. Os encontros serão no período noturno a partir de janeiro de 2022.

Os alunos terminam a jornada com certificados de conclusão que reconhecem as habilidades e competências desenvolvidas ao longo da formação. Para se inscrever, é preciso visitar este link até 21 de novembro.

Blue EdTech
A Blue EdTech atua como escola de tecnologia para formar programadores e ajudá-los a conquistar uma vaga de emprego na área nas empresas parceiras da iniciativa. A primeira turma de 2022, com aulas a partir de 17 de janeiro, está com inscrições abertas até 19 de dezembro. Os interessados precisam dedicar cinco horas diárias ao curso, de segunda a sexta-feiras.

O curso tem 12 meses de duração e o aluno só começa a pagá-lo quando entrar no mercado. Daniela Lopes, CEO da Blue, diz que esse formato de financiamento permite oferecer acesso a quem não pode investir na formação no momento. A capacitação é dividida nas disciplinas de desenvolvimento de software (back-end, front-end e full stack) e analytics (ciência de dados). Além disso, é composta por dois ciclos de desenvolvimento de competências: hard skills (conhecimentos técnicos) e soft skills (habilidades sociocomportamentais).

iFood
Mais de 70 mil vagas de emprego em tecnologia não são preenchidas anualmente por falta de experiência ou especialização na área. Para reverter essa situação, o iFood desenvolveu a plataforma Potência Tech, com acesso a cursos e vagas de emprego em tecnologia. A iniciativa é voltada a perfis sub-representados ou em situação de vulnerabilidade social.

Os cursos englobam formações em back-end, front-end, web full stack e data science. Para se inscrever, os interessados devem visitar o site do projeto. As capacitações funcionam 100% online, o que permite que indivíduos de todo o Brasil participem. Na plataforma, é possível encontrar mais de duas mil bolsas para cursos de aprofundamento e acesso a vagas de emprego. Para participar, é preciso ter um perfil sub-representado, ser residente no Brasil e ter mais de 18 anos.

Vtex
Pessoas negras (homens e mulheres, cis ou trans) com interesse em comércio digital são o público-alvo das bolsas de estudo oferecidas pela Vtex para o Diverse Ecommerce Training Brasil. Os interessados podem ser de qualquer parte do Brasil e devem ter, até dezembro de 2022, curso superior completo. Segundo a Vtex, a iniciativa reforça o compromisso da empresa com a diversidade e a inclusão. Para se inscrever, até 31 de outubro, vá ao site da companhia.

Dell Expert Network
Com dez anos de existência, o programa busca apoiar profissionais de tecnologia da informação a partir da capacitação e do acesso a ferramentas de suporte e autogestão. Mais de 6 mil consultores independentes estão cadastrados na iniciativa. Os inscritos podem conquistar a certificação Dell Expert Network Member. O pré-cadastro para novos integrantes está disponível no site.

Com informações do site: Canal Tech