quinta-feira, 14 de outubro de 2021

Concurso INPI 2022: tudo sobre o Instituto Nacional da Propriedade Industrial


 
Foto: Reprodução

o novo concurso público do INPI está perto de acontecer. O órgão já enviou um pedido de autorização e aguarda o aval do Ministério da Economia.

Ainda em 2018 foram realizadas duas solicitações, mas ambas foram negadas. A primeira contemplava 167 vagas para o cargo de Pesquisador em Propriedade Industrial e 43 vagas para o cargo de Tecnologista em Propriedade Industrial.

Já a segunda solicitação era para abertura de 54 vagas para o cargo de Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em PI, 100 para o cargo de Técnico em Planejamento, Gestão e Infraestrutura em PI e 30 para Técnico em Propriedade Industrial.

CARGOS DO CONCURSO INPI
Segundo informações da Folha Dirigida, o Instituto Nacional da Propriedade Industrial ainda não pode divulgar o número de vagas e os cargos que estarão presentes no próximo edital. Mas a previsão do concurso do INPI 2022 é de preencher pelo menos os 844 cargos vagos, divididos entre:

Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em PI- 86 vagas
  • Analista: Arquitetura
  • Analista: Engenharia Civil
  • Analista: Administração Geral
  • Analista: Arquivologia
  • Analista: Comunicação Social 
  • Analista: Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas
  • Analista: Direito
  • Analista: Economia ou Ciências Econômicas
  • Analista: Engenharia de Segurança do Trabalho
  • Analista: Engenharia Elétrica
  • Analista: Engenharia Mecânica
  • Analista: Gestão de Pessoas
  • Analista: Gestão Financeira
  • Analista: Infraestrutura em TI
  • Analista: Pedagogia
  • Analista: Suporte à Gestão
  • Pesquisador em Propriedade Industrial – 391 vagas
  • Pesquisador: Arquitetura
  • Pesquisador: Eletricidade
  • Pesquisador: Engenharia Civil 
  • Pesquisador: Engenharia Mecânica
  • Pesquisador: Telecomunicações, Computação e Eletrônica
  • Técnico em Propriedade Industrial – 118 vagas
  • Técnico em Planejamento, Gestão e Infraestrutura em PI – 205 vagas
  • Tecnologista em Propriedade Industrial – 44 vagas

REMUNERAÇÃO E EVOLUÇÃO FUNCIONAL DO CONCURSO INPI

Pesquisador em Propriedade Industrial
Classe Padrão Vencimento
Especial III R$ 8.712,75
II R$ 8.409,26
I R$ 8.117,79
C III R$ 7.679,51
II R$ 7.413,04
I R$ 7.155,05
B III R$ 6.807,09
II R$ 6.572,41
I R$ 6.344,92
A III R$ 6.002,92
II R$ 5.797,00
I R$ 5.597,02

Tecnologista em Propriedade Industrial
Classe Padrão Vencimento
Especial III R$ 8.712,75
II R$ 8.409,26
I R$ 8.117,79
D III R$ 7.679,51
II R$ 7.413,04
I R$ 7.155,05
C III R$ 6.807,09
II R$ 6.572,41
I R$ 6.344,92
B III R$ 6.002,92
II R$ 5.797,00
I R$ 5.597,02
A III R$ 5.326,47
II R$ 5.143,88
I R$ 4.966,98

Técnico em Propriedade Industrial
Classe Padrão Vencimento
Especial III R$ 3.983,90
II R$ 3.850,30
I R$ 3.721,49
B VI R$ 3.601,63
V R$ 3.480,37
IV R$3.362,04
III R$ 3.253,04
II R$ 3.142,31
I R$ 3.034,26
A VI R$ 2.934,58
V R$ 2.833,54
IV R$ 2.734,51
III R$ 2.642,32
II R$ 2.549,20
I R$ 2.457,78

ETAPAS DO CONCURSO INPI
Ainda não sabemos como serão as etapas do próximo concurso, mas com base no último edital podemos esperar que os candidatos sejam avaliados com:

Prova objetiva
50 questões de conhecimentos básicos
70 questões de conhecimentos específicos
Prova discursiva
Avaliação de títulos
 

Existe possibilidade de a prova objetiva conter as seguintes disciplinas:
  • Língua Portuguesa;
  • Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol ou Francês);
  • Propriedade Industrial (exceto para Tecnologista);
  • Conhecimentos Específicos.
REQUISITOS BÁSICOS PARA TODOS CARGOS
De acordo com o último edital, o candidato deveria atender, cumulativamente, no ato da assinatura do termo de posse, aos seguintes requisitos:

  • ser aprovado no concurso público;
  • ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição Federal;
  • estar em gozo dos direitos políticos, no caso de nacionalidade brasileira;
  • estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino e de nacionalidade brasileira;
  • estar quite com as obrigações eleitorais;
  • não estar incompatibilizado para nova investidura em cargo público, nos termos do artigo 137, parágrafo único, da Lei nº 8.112/1990 e alterações;
  • ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse;
  • ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovada por Junta Médica
  • Oficial;
  • apresentar documentação original que comprove os requisitos exigidos para o exercício do cargo, conforme item 2 deste edital;
  • estar registrado no respectivo conselho de classe, bem como estar inteiramente quite com as demais exigências legais do órgão fiscalizador do exercício profissional, quando for o caso;
  • apresentar os documentos que se fizerem necessários por ocasião da posse;
  • cumprir as determinações do edital.
REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DO CONCURSO INPI
Abaixo descrevemos os requisitos e atribuições de cada cargo:

Pesquisador em Propriedade Industrial

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em área específica e registro no respectivo conselho de classe, se for o caso.

Atribuições: desenvolver atividades de análise processual voltadas aos exames de pedidos e elaboração de pareceres técnicos para concessão de direitos de patentes, averbação de contratos de transferência de tecnologia, registro de desenho industrial e de indicações geográficas, desenvolvimento de programas e projetos visando à disseminação da informação tecnológica das bases de patentes, desenvolvimento de ações e projetos de divulgação e fortalecimento da propriedade industrial e realização de estudos e pesquisas relativas à área.

Tecnologista em Propriedade Industrial
Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em área específica e registro no respectivo conselho de classe, se for o caso.

Atribuições: desenvolver atividades de análise processual voltadas aos exames de pedidos e elaboração de pareceres técnicos para concessão de direitos relativos ao registro de marcas, de desenho industrial e de indicações geográficas, entre outros; desenvolvimento de ações e projetos de divulgação e fortalecimento da propriedade industrial e realização de estudos técnicos relativos à área.

Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Propriedade Industrial
Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em área específica e registro no respectivo conselho de classe, se for o caso.

Atribuições: desenvolver atividades relacionadas à gestão corporativa e de infraestrutura, planejamento organizacional, auditoria, administração e desenvolvimento de recursos humanos, gestão patrimonial, orçamentária, financeira, de materiais e de contratos, bem como desenvolvimento de ações e projetos de divulgação e fortalecimento da propriedade industrial, além de outras atividades com o mesmo nível de complexidade relativas ao exercício das competências institucionais e legais a cargo do INPI.

Técnico em Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Propriedade Industrial
Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio (antigo segundo grau) ou equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

Atribuições: desenvolver atividades administrativas e logísticas de nível intermediário, relativas ao exercício das competências institucionais e legais a cargo do INPI.

Técnico em Propriedade Industrial
Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio (antigo segundo grau) ou equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

Atribuições: desenvolver atividades de suporte e apoio técnico especializado em matéria de propriedade industrial e intelectual.

Com informações do site: Aprova Concursos