sábado, 9 de outubro de 2021

Bolsa Família vai receber vale-gás


 


Foto: Reprodução

O vale-gás vai ser uma alternativa para quem não pode comprar por causa da alta do preço. Pelo menos é o que promete o governo que pretende criar uma espécie de vale-gás para as famílias de baixa renda, focando mais nos inscritos do Bolsa Família.

O presidente Jair Bolsonaro afirma que o vale-gás já está “quase pronto” e será financiado pela Petrobras.
A ideia do governo é beneficiar cerca de 14,6 milhões de famílias que recebem o Bolsa Família com o vale-gás. O benefício deverá durar 15 meses e será uma forma do governo impedir que sua popularidade diminua ainda mais.

Embora o presidente tenha dito que o preço do gás será reduzido pela metade, especialistas dizem que isso não acontecerá porque existem fatores que influenciam o preço dos combustíveis, ou seja, não é possível controlar, como o preço do petróleo.

Na verdade, seria liberado um valor para custear a compra de um botijão de gás de cozinha. O governo quer beneficiar as pessoas de baixa renda que estão deixando de usar o gás e apelando para o fogão à lenha e outras alternativas perigosas.

A crise no país devido a pandemia da Covid-19 fez o brasileiro mudar seus hábitos e muitos deles tiveram que cortar coisas que não deveriam ser cortadas, entre elas, o gás de cozinha. Isso porque, famílias de baixa renda não estão conseguindo pagar o gás que atualmente está em R$ 100.

Preço alto
O preço do botijão de gás de 13kg tem passado de R$ 100 em alguns estados do país. O gás subiu quase 30% conforme informou a ANP (Agência Nacional do Petróleo). No final de 2020 o botijão custava R$ 75,29, atualmente para comprar o botijão de 13kg, o trabalhador tem que desembolsar R$ 96,89.

Mais tem lugares vendendo o gás bem mais caro, chegando a R$ 130, o que sacrifica as famílias de baixa renda.
Por esses fatores, o governo federal está trabalhando para liberar o vale-gás para as famílias que estão em situação vulnerável. No entanto, ainda não existe uma data para que as pessoas possam contar com esse benefício.


Com informações do site: jornalcontabil