sábado, 30 de outubro de 2021

Banco do Brasil está oferecendo linha de crédito sem consulta; saiba como conseguir


 
Foto: Reprodução

Mais uma oportunidade de empréstimo para negativados no SPC e Serasa. O Banco do Brasil liberou, de forma facilitada, uma nova opção de crédito para quem tem seu nome “sujo”. Veja, a seguir, todos os detalhes e como fazer uma cotação.


Atualmente, é comum as instituições financeiras não liberarem crédito para quem tem restrição no CPF, sendo a opção do Banco do Brasil uma exceção a regra, com disponibilidade de crédito mesmo para aqueles que estão instáveis financeiramente. O valor pode ser solicitado rapidamente sem amarras de grandes contratos.

Veja quem pode conseguir o empréstimo

O empréstimo acontece na modalidade consignado, quando o valor das parcelas é descontado direto na folha de pagamento. Este grupo terá mais facilidade na tomada de crédito, além de taxas de juros menores. Porém, também é possível conseguir os que trabalham com carteira assinada. Veja as exigências:



O patrão deve possuir um convênio ativo com o BB (é possível conferir junto ao setor de RH da sua empresa);
Deve ter uma margem de consignado disponível junto ao empregador;
O consumidor não pode ficar devendo ao BB (por conta disso há uma necessidade de crédito disponível no banco);
Ter acima de 18 anos;
Possuir conta corrente (em qualquer banco). 

Vantagens do empréstimo

Cumprindo todas as exigências, o requerente terá acesso ao crédito. Além da liberação do dinheiro sem burocracia, os solicitantes terão direito a um pagamento flexível, carência de 180 dias (6 meses) e pode dividir em até 96 meses. As vantagens não se limitam para quem tem conta no BB, os benefícios valem para quem tem conta em qualquer banco.



Como solicitar

O interessado deve se deslocar até uma agência do Banco do Brasil portando os documentos: RG, CPF, últimos contracheques e um comprovante de residência.



O empréstimo também pode ser solicitado pela internet. Basta acessar a página do banco e preencher o formulário. No momento da contratação, o consumidor deve ficar atento as taxas de juros oferecidas, pois elas podem modificar, ficando entre 1,77% a 1,94% para quem não tem restrição no CPF.



Aqueles que tiverem algum impedimento no SPC e Serasa, as taxas de juros serão um pouco maior, ficando entre 2,5% a 3,5% ao mês. É importante ressaltar que o consumidor que fizer a portabilidade de salário para o banco terá juros reduzidos.

Com informações do site:  redebrasilnews