domingo, 19 de setembro de 2021

Tudo sobre a aposentadoria do Profissional Autônomo;


 

Foto: Reprodução
O profissional autônomo é aquele que exerce atividade econômica por conta própria, não possuindo vínculo empregatício com nenhuma empresa, tendo assim, autonomia financeira e profissional sobre os seus negócios, não assumindo o papel de funcionário efetivo.

Como comprovar minha atividade como autônomo?

O autônomo pode comprovar sua atividade econômica formalizada com CNPJ ou CAEPF. No entanto existem outras formas de comprovação:

Extratos bancários;
Recibos e/ou documentos que comprovem o serviço;
Contratos;
Fotografias;
Registros em conselho de classe ou sindicato;
Informações cadastrais com indicação da atividade (em prontuários médicos e documentos escolares, por exemplo);
Inscrição profissional em órgãos públicos;
Declaração de imposto de renda.

Aposentadoria do profissional autônomo;

O profissional que exerce atividade econômica por contra própria ou presta serviços para terceiros, sem vínculo empregatício tem direito a vários benefícios previdenciários, inclusive, aposentadoria pelo INSS.

Sendo autônomo, você é responsável pelo gerenciamento de suas próprias contribuições previdenciárias.

Contribuinte Facultativo ou Individual?

O contribuinte facultativo é aquele que não exerce nenhuma atividade remunerada, porém decide contribuir ao INSS, buscando benefícios previdenciários.

O Contribuinte individual é aquele que exerce atividade econômica por conta própria, sem nenhum vínculo empregatício. Exatamente o caso dos autônomos.

Sendo assim, o autônomo deve se filiar ao INSS como contribuinte individual.

Diferente dos contribuintes facultativos, os contribuintes individuais são segurados obrigatórios do INSS. Consequentemente, o profissional autônomo tem a obrigatoriedade de pagar o INSS.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social.  

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática: 

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Com informações do site: jornalcontabil, Gabriel Dau.