terça-feira, 14 de setembro de 2021

Nova parcela do Bolsa Presença é concedida para famílias de estudantes; confira


 
Foto: Reprodução

Uma boa notícia para as 311 mil famílias que recebem os recursos do Programa Bolsa Presença na Bahia! É que o governo estadual liberou desde o dia 10 de setembro de 2021 mais uma parcela para os beneficiários.

Cada família elegível receberá R$ 150,00, lembrando que, com essa disponibilização, já foram pagas cinco parcelas, de um total de seis. A lei estadual que instituiu o programa é a de número 14.310, de 24 de março de 2021.

Diferentemente do vale-alimentação, que foi outro programa assistencial surgido depois da pandemia, o Bolsa Presença só é pago às famílias que estão “em condição de vulnerabilidade socioeconômica e cadastradas no CadÚnico”. Alunos que recebem o vale-alimentação e estão aptos para o Bolsa Presença recebem ambos os benefícios.

Critérios para receber o Bolsa Presença
Os estudantes recebem o benefício assistencial do governo baiano quando cumprem os seguintes requisitos:

Assiduidade nas aulas (remotas, híbridas ou presenciais);
Participação obrigatória dos alunos nas avaliações de aprendizagem; e
Manutenção dos dados cadastrais atualizados na unidade escolar e de sua família no CadÚnico.

Investimento para o Bolsa Presença
De acordo com a Secretaria da Educação (SEC), os 357 mil estudantes beneficiados representam um investimento, por parte do estado, da ordem de R$ 280 milhões. A fonte dos recursos é própria, ou seja, não é uma iniciativa que partiu do governo federal.

A SEC ainda lembra que o propósito fundamental do Programa é, além de apoiar financeiramente as famílias, contribuir para que, por razões financeiras, os alunos venham a abandonar as escolas.

Conforme o Tudo Bahia havia noticiado, o pagamento da parcela anterior (4ª) foi realizado no dia 10 de agosto de 2021. A primeira parcela foi paga no dia 24 de abril do mesmo ano.

Com informações do site: Tudo Bahia