terça-feira, 14 de setembro de 2021

Justiça decide parar concurso PRF e adia o resultado final


 
Foto: Reprodução
A vida do candidato do concurso PRF não está nada fácil. A Justiça decidiu paralisar a seleção novamente, após um novo pedido do Ministério Público Federal (MPF), sob alegação de erros na aplicação do TAF.

A decisão foi dada pelo Judiciário da 2ª Vara Federal do Rio de Janeiro, que determina:

"Com o objetivo de preservar o resultado útil do processo, bem como para evitar futura celeuma entre os candidatos convocados para eventual matrícula enquanto pendente a plena apreciação pelo juízo do pedido de tutela de urgência, DEFIRO o pedido formulado pelo MPF para que as rés se abstenham de divulgar o edital de resultado final na primeira etapa do concurso e de convocação para a matrícula no curso de formação, sem prejuízo do prazo assinado no evento 6. Intimem-se com urgência."

O MPF alega que diversos candidatos foram prejudicados na realização do teste de aptidão física, em várias regiões do país. Diante disso, o órgão fez várias solicitações em sua ação, por exemplo:

Anule as reprovações no Exame de Aptidão Física do atual concurso público para provimento de cargos de policial rodoviário federal de candidatos que tenham prestado os testes de barra fixa feminina nos estados do Rio de Janeiro, Bahia, Distrito Federal, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Pernambuco, no teste de barra fixa feminina e masculina no estado do Piauí, no teste de shuttle run feminino e masculino no estado da Bahia e nos testes de corrida de 12 minutos e de flexão abdominal em todo o Brasil;

Determine à PRF a reaplicação do TAF aos candidatos prejudicados;

Determine à PRF e ao Cebraspe a convocação dos candidatos que venham a ser aprovados na reaplicação do TAF;

Em decorrência do pleiteado no item anterior, determine à Polícia Rodoviária Federal e ao Cebraspe que a divulgação do edital de resultado final na primeira etapa do concurso, de classificação dos aprovados e de convocação para a matrícula no curso de formação seja feita apenas após o cumprimento das etapas seguintes do concurso pelos candidatos que venham a ser aprovados na reaplicação do Exame de Aptidão Física.

Concurso PRF: resultado final sairia nesta terça, 14

A esperança do candidato do concurso PRF era conferir o resultado final do concurso nesta semana, com chances de sair nesta terça-feira, 14. Mas, com a decisão da Justiça isso não será mais possível.

Outros eventos que estão previstos para esta semana são com relação ao Curso de Formação Profissional (CFP):

Confira as datas previstas do CFP PRF:

Matrícula – 1ª convocação: 15 e 16/09
Matrícula – 2ª convocação: 21 e 22/09
Apresentação na UniPRF: 24/09

Concurso PRF foi suspenso há um mês;

Esta é a segunda vez que o concurso PRF é paralisado em menos de dois meses. A primeira foi na primeira quinzena de agosto, em função das cotas raciais.

Naquela época, a decisão foi do juiz da 3ª Vara Federal de Sergipe, após ação movida pelo Ministério Público Federal.

A suspensão pedia que o Cebraspe e a União aplicasse o uso correto das cotas raciais. Para isso, a reserva de 20% para negros deve ocorrer em todas etapas, não somente na apuração do resultado final.

Concurso PRF tem oferta de 1.500 vagas;

A PRF oferece remuneração de R$10.357,88 , já somada com o  auxílio-alimentação de R$458. A carga de trabalho é de 40 horas semanais.

CARGA VAGAS REMUNERAÇÃO REQUISITOS
Policial rodoviário federal 1.500 R$10.357,88 Nível superior em qualquer área, de 18 a 65 anos e CNH 

A Polícia Rodoviária Federal contrata pelo regime estatutário, que garante a estabilidade empregatícia. De acordo com o edital de abertura, as 1.500 vagas estão distribuídas em:

1.175 para ampla concorrência;
300 para negros; e
75 para pessoas com deficiência (PcD)

Com informações do site: folhadirigida