sexta-feira, 10 de setembro de 2021

IPVA 2022 vai subir em todas as regiões do país após alta no preço dos veículos


 
Foto: Reprodução

Durante a pandemia de covid-19, os preços dos veículos dispararam. Como consequência, o valor do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) também deve aumentar no ano que vem. O boleto do IPVA 2022 deve chegar aos proprietários de veículos daqui alguns meses.

O aumento do IPVA é projetado porque este imposto é calculado com base no valor dos veículos medidos pela tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

De acordo com a Fipe, entre os meses de fevereiro de 2020 — mês imediatamente anterior ao começo da pandemia de covid-19 — e julho de 2021, os valores dos automóveis zero-quilômetro aumentaram 19,9%. No caso exclusivo dos veículos usados, independentemente do ano/modelo, a subida foi de 24,4%.

Alguns fatores fizeram com que os valores de automóveis novos e usados tivessem o preço aumentado. O principal motivo foi a paralização na produção de veículos por conta da falta de componentes eletrônicos — que aumentaram o preço em meio à pandemia.

As matérias-primas utilizadas para a produção de veículos também tiveram elevação, como o alumínio e aço. Pela falta de veículos zero-quilômetro, os preços dos seminovos e usados dispararam.

Em entrevista ao Jornal do Carro, o consultor automotivo, Paulo Garbossa, afirma que o consumidor deverá pagar mais por conta de que o veículo, hoje, vale mais do que no passado.

Em uma situação normal, o valor veículo tende a desvalorizar, pelo menos, 15% em uma concessionária. No entanto, ele destaca que, recentemente, o patrimônio teve valorização. Garbossa alega que o mercado vem seguindo a lei de oferta e da procura.

Como calcular o valor aproximado do IPVA 2022
Para ter uma ideia de quanto será o preço do IPVA 2022, o contribuinte deve verificar o preço médio do veículo na tabela Fipe. Em seguida, será preciso conferir qual é a alíquota estadual que incide sobre o tipo de veículo. Por fim, basta multiplicar o valor médio do automóvel pela alíquota.

Por exemplo, em São Paulo, um carro movido à gasolina e os biocombustíveis têm uma alíquota atual de 4% de IPVA. Se este tipo carro tem o valor médio de R$ 40 mil, o cálculo será:

40.000 x 4% = R$ 1.600 de IPVA
Vale destacar que as alíquotas variam conforme o estado. Além disso, as alíquotas são diferentes de acordo com o tipo de veículo — e podem mudar ao longo dos anos.

No exemplo de São Paulo, a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), afirmou ao Jornal do Carro que ainda não definiu os valores venais dos veículos que servirão de base de cálculo para o IPVA 2022. A tabela dos valores venais deverá ser finalizada em novembro, e publicada em dezembro deste ano.

Estimativa do valor do IPVA 2022 para alguns veículos
O UOL Carros realizou uma estimativa de quanto o IPVA 2022 será em São Paulo para alguns dos veículos mais vendidos. Como o cálculo tem como base automóveis flex, a alíquota do estado é de 4%.

Jeep Renegade Sport Flex 2017: valor do IPVA 2021 em São Paulo — R$ 2.337,80; valor estimado do IPVA 2022 em São Paulo — R$ 2.921,00 = aumento de R$ 543,20 ou 22,84%
Hyundai HB20 Sense 2020: valor do IPVA 2021 em São Paulo — R$ 1.685,32; valor estimado do IPVA 2022 em São Paulo — R$ 2.131,32 = aumento de R$ 446,00 ou 26,50%
Fiat Argo 1.0 2018: valor do IPVA 2021 em São Paulo — R$ 1.508,80; valor estimado do IPVA 2022 em São Paulo — R$ 1.932,92 = aumento de R$ 424,12 ou 28,11%.
O IPVA
O IPVA é um imposto estadual, cobrado anualmente, que incide sobre os veículos que transitam por meio terrestre. Os entes federativos ficam com metade dos valores arrecadados. A outra metade é direcionada aos municípios onde os veículos são registrados.

As regras deste imposto variam conforme o estado. Sendo assim, por exemplo, as alíquotas, regras de isenção e formas de pagamento diferem em cada estado.

Caso o cidadão não realize o pagamento do IPVA, será preciso arcar com algumas consequências, como a inadimplência. Outro resultado do não pagamento é contrair um dívida ativa.


Com informações do site: FDR