sexta-feira, 10 de setembro de 2021

INSS: veja como funciona o pente-fino dos benefícios


 
Foto: Reprodução

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está realizando um pente-fino nos benefícios previdenciários em todo o País com o objetivo de limpar da lista de pagamentos pessoas que não precisem mais receber dinheiro do governo. Até o momento, o órgão já enviou mais de 170 mil cartas para agendamento de perícias médicas.

Quem deixar de responder a carta conforme o INSS indica nas mensagens, terá o benefício suspenso. Por isso, é importante que todos os segurados com benefícios que não são definitivos (como aposentadorias, por exemplo) estejam com a documentação e exames em dia.

Quem será convocado pelo INSS?

Pelo que já foi divulgado pelo INSS, passarão pela perícia pessoas que recebem benefício por incapacidade temporária, o antigo auxílio-doença, e aposentados por invalidez que não tenham feito perícia médica há mais de dois anos.

Além deste grupo, beneficiários de auxílio-acidente e de Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago aos idosos com mais de 65 anos e pessoas com deficiência, também podem ser convocados.

Recebi a carta e faço o que?

Quem receber a carta de convocação do INSS deve cumprir algumas determinações explicadas na própria postagem e apresentar, dentro de 30 dias, documentos que comprovem direito ao benefício. Endereço, telefones de contato e e-mail devem estar atualizados para evitar qualquer tipo de problema na comunicação.

Mudei de endereço e meu celular não é mais o mesmo. Como faço?

No site Meu INSS você consegue atualizar essa informações. Basta clicar na aba de dados cadastrais e fazer a mudança.

Recebi a carta e não vou marcar perícia. O que acontece?

Conforme a orientação do INSS, quem não agendar a perícia em 30 dias do recebimento da carta terá o benefício suspenso. O Instituto ainda garante um intervalo total de 60 dias até cancelar o benefício em definitivo.

Em quanto tempo fico sabendo o resultado da perícia médica?

O INSS garante que os resultados são publicados no sistema após às 21h do dia da realização da perícia. Essas informações estarão na central 135 ou no site Meu INSS.

Com informações do site: Isto É Dinheiro